5 Melhores livros para ler em 1 dia (Parte 1)

Oi, gente! Resolvi diversificar um pouco as postagens literárias aqui no blog, afinal, não é preciso ter um canal para ir além das resenhas, não é? Hoje trago para vocês 5 livros (que valem a pena ser lidos) para ler em 1 único dia, mas, na verdade, algumas horinhas vão servir! Hahaha. Se gostar, curta e comente para que eu possa trazer mais postagens assim, tá bem? Então tá bem.
Ah, vale ressaltar que os livros não foram organizados por ordem de preferência!

GELO NEGRO - Becca Fitzpatrick
SINOPSE:
Britt Pfeiffer passou meses se preparando para uma trilha na Cordilheira Teton, um lugar cercado por natureza e cheio de mistérios. Antes mesmo de chegar à cabana nas montanhas, ela e a melhor amiga, Korbie, enfrentam uma nevasca avassaladora e são obrigadas a abandonar o carro e procurar ajuda. As duas acabam sendo acolhidas por dois homens atraentes e imaginam que estão em segurança. Os homens, porém, são criminosos foragidos e as fazem reféns. Para sobreviver, Britt precisará enfrentar o frio e a neve para guiar os sequestradores na descida das montanhas. Durante a arriscada jornada em meio à natureza selvagem, um dos homens se mostra mais romântico do que perigoso, e Britt acaba se deixando envolver. Será que ela pode confiar nele? Sua vida dependerá dessa resposta.

COMENTÁRIO:
Gelo Negro me surpreendeu muito. Foi um suspense muito angustiante e frio, eu consegui me teletransportar para o universo em que as protagonistas estavam. Duas amigas são mantidas como refém em um lugar deserto e com gelo até a alma. Lá elas vão descobrir coisas que jamais imaginaram, mas também vão perceber o que é a vida fora do nosso mundinho. É um suspense leve, mas que te faz suspirar e torcer muuuito por essas duas. Ah, sem contar que o final é chocante, do jeito que a gente gosta. Recomendo muito e dá para ler em uma sentada, porque é impossível largar.


DEZESSEIS – Rachel Vincent


SINOPSE:
Em um mundo em que todos são iguais, uma garota se destaca por sair do padrão. Uma história promissora e de ritmo acelerado, escrita por Rachel Vincent, autora best-seller do The New York Times. “Nós temos cabelos castanhos. Olhos castanhos. Pele clara. Somos saudáveis, fortes e inteligentes. Mas só uma de nós já teve um segredo.” Dahlia 16 vê seu rosto em toda multidão. Ela não tem nada de especial – é apenas uma entre as outras cinco mil garotas que foram criadas visando o bem da cidade. Ao conhecer Trigger 17, porém, tudo muda. Ele a considera interessante. Linda. Única. Isso significa que ele deve ser defeituoso. Quando Dahlia não consegue parar de pensar nele – nem resistir a procurá-lo, ainda que isso signifique quebrar as regras – ela percebe que deve ser defeituosa também. Mas, se ela for defeituosa, todas as idênticas também são. E qualquer genoma com defeito descoberto deve ser recolhido. Destruído. Ser pega com Trigger não apenas selaria o destino de Dahlia, mas o das cinco mil garotas com o mesmo rosto. No entanto… e se Trigger estiver certo? E se Dahlia for mesmo diferente? Subitamente, a garota que sempre seguiu todas as regras começa a quebrá-las, uma a uma…

COMENTÁRIO:
Que livro! Extremamente curto, Dezesseis vai te tirar do comodismo logo nas primeiras páginas, afinal, que tipo de universo é esse? Estamos falando de seres que foram criados para serem de um só jeito, não podendo, de forma alguma, ousar não ser. Mas Dahlia parece ser diferente, e isso pode ser uma falha, e falhas não podem existir... Sentiu? Percebeu? Isso mesmo, você vai pirar! Li esse livro em poucas horas, porque é curto e porque não dá para parar de ler. Não mesmo. E, se prepare, porque o final é de te deixar no chão, porque é daquele jeito que termina: não terminando! Sim, o livro faz parte de uma série (alô Universo dos Livros, estou ansiosaaaa), então prepare o coração e a ansiedade! Mas, claro, recomendo muuuuito!


OUTROS JEITOS DE USAR A BOCA – Rupi Kaur


SINOPSE:
Maior fenômeno de poesia dos EUA na última década, há mais de 40 semanas no topo das listas de best-sellers. “Outros jeitos de usar a boca” é um livro de poemas sobre a sobrevivência. Sobre a experiência de violência, o abuso, o amor, a perda e a feminilidade. O volume é dividido em quatro partes, e cada uma delas serve a um propósito diferente. Lida com um tipo diferente de dor. Cura uma mágoa diferente. Outros jeitos de usar a boca transporta o leitor por uma jornada pelos momentos mais amargos da vida e encontra uma maneira de tirar delicadeza deles. Publicado inicialmente de forma independente por Rupi Kaur, poeta, artista plástica e performer canadense nascida na Índia – e que também assina as ilustrações presentes neste volume –, o livro se tornou o maior fenômeno do gênero nos últimos anos nos Estados Unidos, com mais de 1 milhão de exemplares vendidos.

COMENTÁRIO:
Se tem um livro que merece MUITO estar na sua cabeceira, meu bem, esse livro é o Outros Jeitos de Usar a Boca! QUE LIVRO! Gosta de poesia? Vai amar. Não gosta? Vai aprender a gostar. Um livro que fala sobre amor, dor, perda, sobre o universo feminino, machismo, relacionamento e muito mais. São pequenas poesias na maioria das vezes, mas também há umas grandinhas. Sem contar que a edição está incrível e fazendo sucesso total. As páginas contam com diversas ilustrações lindas que compõem e definem as poesias. Simplesmente magnífico a forma como Rupi nos toca, ela merece ser lida! Ah, e claro, você engole o livro em pouquíssimas horas sem dúvida.


SORRISOS QUEBRADOS – Sofia Silva


SINOPSE:
Sorrisos Quebrados gira em torno de três personagens: a jovem Paola, a pequena Sol e seu pai, André. Os três são vítimas de violências distintas, que deixaram marcas profundas em cada um. Trata-se de uma história de superação de dores, magia, estrelas e de como importantes laços humanos podem se formar a partir da autoaceitação, da arte e da tolerância no cotidiano.


COMENTÁRIOS:
Esse é um tipo de livro que vai te chocar desde a primeira página. Digo primeira literalmente mesmo! Você vai querer desistir? Pode acontecer. No entanto, vale a pena continuar. Sofia criou um universo muito simbólico para nossa protagonista que sofreu muito e vai sofrer um pouco mais ainda para encontrar a paz de que precisa e nem sabia que existia. É uma história que, mesmo com poucas páginas, vai te marcar muito, vai arrebatar seu coração e te fazer chorar também. Seja forte e siga em frente. Essa é uma história para nunca mais ser esquecida e você não pode perder!


PASSARINHA – Kathryn Erskine


SINOPSE:
No mundo de Caitlin, tudo é preto e branco. Qualquer coisa entre um e outro dá uma baita sensação de recreio no estômago e a obriga a fazer bicho de pelúcia. É isso que seu irmão, Devon, sempre tentou explicar às pessoas. Mas agora, depois do dia em que a vida desmoronou, seu pai, devastado, chora muito sem saber ao certo como lidar com isso. Ela quer ajudar o pai – a si mesma e todos a sua volta –, mas, sendo uma menina de dez anos de idade, autista, portadora da Síndrome de Asperger, ela não sabe como captar o sentido. Caitlin, que não gosta de olhar para a pessoa nem que invadam seu espaço pessoal, se volta, então, para os livros e dicionários, que considera fáceis por estarem repletos de fatos, preto no branco. Após ler a definição da palavra desfecho, tem certeza de que é exatamente disso que ela e seu pai precisam. E Caitlin está determinada a consegui-lo. Seguindo o conselho do irmão, ela decide trabalhar nisso, o que a leva a descobrir que nem tudo é realmente preto e branco, afinal, o mundo é cheio de cores, confuso mas belo. Um livro sobre compreender uns aos outros, repleto de empatia, com um desfecho comovente e encantador que levará o leitor às lágrimas e dará aos jovens um precioso vislumbre do mundo todo especial dessa menina extraordinária.

COMENTÁRIOS:
Sabe um livro que te conquista desde o início? É esse. Com uma protagonista diferenciada e encantadora, a gente vai engolindo as páginas rapidamente. O livro é curto e os capítulos são bem pequenos também, contando com uma escrita pra lá de especial e fluída, você vai ler em poucas horas! Caitlin me conquistou muito nesse livro, se tornando minha personagem infantil favorita da vida. Ela merece sua atenção, ela merece ser ouvida, pois é ela quem vai nos contar tudo o que acontece em sua vida na busca pelo Desfecho, agora que seu irmão que tanta amava se foi. Recomendo muuuuito!



E aí? Qual desses livros você já leu? Qual livro acrescentaria na lista? Nos conte nos aqui! 👇

5 comentários:

  1. Oii Sâ, amei seu blog e já estou te seguindo, desses livros que você citou eu já li outros jeitos de usar a boca e amei, é uma leitura incrível. Eu quero muito ler Passarinha e Gelo negro, pretendo ler esse ano ainda.
    -Beijos,Carol!
    http://entrehistoriasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol! Eu amo muito Outros jeitos de usar a boca e já solicitei o segundo livro da autora, porque estou apaixonada! Menina, leiaaaa os dois, porque são incríveis! Espero que goste, hehe.
      E muito obrigada, lindona!
      Volte sempre, viu?! <3
      Super beijo,
      Sâm

      Excluir
  2. Oii!
    Outros jeitos de usar a boa já tinha ouvido falar e fiquei bem curiosa. Não li ainda nenhum da sua lista, mas fiquei bem curiosa! Adoro livros que possam ser lidos em um dia ♥

    beijão!
    https://blogperdidanasnuvens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

E aí? O que achou do post? Gostou? Tem alguma crítica construtiva ou dica? Deixe nos comentários! Lemos e respondemos a todos! Ah e deixe o link do seu blog para que possamos te conhecer melhor. Obrigada pela visita e volte sempre.

Nosso instagram!