Conheça nossa página

#Resenha: Gelo Negro - Becca Fitzpatrick



Título: Gelo Negro

Autora: Becca Fitzpatrick

Editora: Intríseca

Páginas: 304

Ano de publicação: 2015

Nota da leitura: 5 / 5

Onde comprar: Saraiva / Amazon



A História

Britt convence sua amiga a fazer uma trilha na Cordilheira Teton. Após se prepararem durante meses para a viagem, as duas seguem rumo ao destino esperado. No entanto, o destino é drasticamente cruel e elas acabam sendo pegas de surpresa por uma tempestade de neve muito forte, que as impossibilitou de chegar a Idlewilde, seu destino.
Desesperadas, as duas tentam encontrar abrigo para que possam esperar a nevasca passar. Diante de todo o frio que sentem e amedrontadas, elas acabam encontrando uma cabana onde há duas pessoas dentro. A ajuda chegara, finalmente.
Loucas para se livrarem do frio congelante, as amigas esquecem as histórias dos jornais sobre as jovens que desapareceram pela região e batem à porta em busca de socorro. O que encontram parece ser apenas dois homens dispostos a ajudar. O que encontram são dois caras bonitos que estão fugindo da nevasca também. Tão inofensivos...
Só há um problema: nada nunca é o que parece.
Agora elas correm perigo como reféns de dois criminosos fugitivos da polícia. Eles precisam sair da montanha e contam com Britt para isso. O que parecia ser uma aventura se torna longos dias de tortura sem fim.
E talvez o fim não seja como o esperado.



Personagens Principais

Britt é uma jovem bonita e inteligente, apesar de demorar um pouco para perceber isso. Ela é apaixonada pelo irmão, Calvin, de sua melhor amiga, Korbie. Só que ele terminou com ela há 8 meses e foi estudar em Stanford, mas Britt ainda é apaixonada pelo rapaz mesmo depois de todo esse tempo. Ela mora com o pai e o irmão, Ian. São só eles e, desde sempre, eles foram sua proteção e força. Britt sempre esperou que os outros fizessem por ela o que ela mesma poderia fazer. Mas tudo muda quando ela decide fazer a trilha na Cordilheira Teton. Reunindo toda sua coragem, assim que Britt percebe o perigo, começa a agir em busca de sobrevivência e, sem perceber, vai deixando de esperar que a salvem, pois ela se torna sua própria salvação.
Calvin é o rapaz dos olhos de Britt. Eles se conhecem desde crianças e sempre viviam juntos, pois Britt sempre foi amiga de sua irmã, Korbie. Namoraram durante um tempo, algum tempo escondidos, mas ele termina com ela por telefone de repente enquanto está fora para estudar. Apesar de belo, Calvin é o tipo de cara prepotente, do tipo que se esconde atrás de uma carcaça bosta. Ele não se preocupa muito com os outros, mas está sempre lutando para manter as aparências com o pai. O pai de Calvin sempre pegou muito no seu pé. Ele é o tipo de cara frio e calculista que treina o filho para ser o melhor sem se preocupar com os desejos verdadeiros do filho. Com Calvin, seu pai é extremamente cruel e quem paga por isso é o próprio Calvin.
Mason é um dos caras da cabana, um criminoso. Ele já havia se esbarrado com Britt e a ajudara antes. Só que agora ele parece bem diferente do cara sexy que resolveu passar por uma farsa para ajudá-la. Ele não as queria ali e fez questão de deixar isso bem claro. A verdade é que ele parecia estar tentando lhes avisar algo, mas, no fim, acabou aceitando, derrotado. Mas, ao contrário de Shaun, o segundo cara da cabana, Mason parece ter um calor no olhar, além de muito mistério também. Algo ele guarda, como um segredo que o aterroriza. Toda sua beleza não é capaz de esconder sua dureza também. Há algo naqueles olhos que chamam atenção... Britt, de repente, deseja saber o que é.

Personagens Secundários

Korbie é a irmã de Calvin, e melhor amiga de Britt. A verdade é que não sei se as palavras “melhor amiga” cairiam bem para essas duas. Korbie tem sérios problemas de se comparar com Britt, tentando de tudo para superar a amiga. O fato é que Korbie é uma garota mimada e tem tudo o que quer sem qualquer esforço. É o tipo de amiga que eu, verdadeiramente, estou querendo distância. Korbie é uma ingrata, fresca e que não tem travas na língua. No fundo, isso faz parte de sua criação, já que seu pai sempre a tratou diferente de Calvin, ela é a princesa do papai, mas, embora sua criação tenha parcela de culpa nisso, Korbie tem mais ainda por se permitir continuar assim.
Shaun é o segundo cara da cabana. Outro criminoso. E, apesar de Mason também ser um, Shaun é diferente. Ou talvez Mason seja, não sei. O fato é que, enquanto Mason esconde um olhar caloroso por baixo de toda sua dureza, Shaun é frio da cabeça aos pés. Magro, com um peito achatado, louro, olhos azuis, Shaun é cruel. Ele não se importa como Mason. Não perde tempo para fazer o que tiver de fazer. E é isso que ele faz.

Capa, escrita e detalhes

Eu adorei a capa do livro! Achei muito intrigante e obscura, justamente o que a história é. E o título? Nossa. O titulo é fidedigno total ao contexto da história. E também deu aquele toque sombrio, deixando tudo ainda mais intrigante.
O livro é narrado por Britt, em primeira pessoa, claro. A escrita de Becca é extremamente leve. Fiquei me perguntando como é que ela fez para ser tão leve em uma história tão... congelante. Ela soube levar a história numa boa, sem enrolação e cenas desnecessárias. E ainda conseguiu prender MUITO a minha atenção durante toda a história. Não dá para largar o livro! Eu tive que tomar muita água durante a leitura, pois estava ficando muito nervosa e não havia frio que me detivesse de suar.
Os detalhes da história foram muito bem sustentados. E você se pega questionando: quem, afinal, é o assassino, pelamordedeus? Tudo se encaixa. Tudo se resolve. Sim, você só vai entender quando ler. Apesar de eu ter achado umas respostas bem previsíveis, através das pistas que o desenvolver da história te dá, ainda assim tudo será misteriosamente desvendado de forma que te deixe chocada(o). Você pode ter sua teoria com total convicção em uma página que, ao virar, tudo vai voltar à estaca zero. Só que, no final...
Haverá surpresas.

Conclusão

Recomendo? MUITO!
Esse é o tipo de livro que te faz pensar sobre inúmeras questões, desde a criação de filhos até a questão “O quanto você realmente se conhece? E o quanto conhece o outro?”, entre outras ainda mais cabeludas.
Eu adoro thriller psicológico e esse foi de fazer perder o fôlego!
Se você também é fã de um bom suspense que testa toda sua capacidade de desvendar mistérios, vá em frente, caro(a) leitor(a).
Se você nunca leu nada do gênero, mas gostaria de começar, essa é, com certeza, uma boa pedida!
E se você é eclético(a), assim como eu, vai se enlouquecer enquanto não terminar também!
Eu recomendo muito a leitura, apesar de pensar que umas perguntas ficaram em aberto.
Vou dar nota 5, pois as questões que ficaram em aberto, não fizeram tanta diferença para mim.
Enfim, eu adorei o livro assim mesmo.
Super recomendo a leitura para quem gosta do gênero, pois esse não é o tipo de livro que você quer que todo mundo leia. É o tipo de livro que só mergulha quem não tem medo de se afogar.
Eu só sei de uma coisa: as aparências enganam e nada é o que realmente parece.

Citações importantes

“Ela amava a linguagem, amava cada palavra que havia dentro de si, viva e pulsante, cuidadosamente escolhida, empoderadora; queria sacar essas palavras do bolso agora, mas, quando procurou lá no fundo, encontrou fios soltos, um buraco. As palavras tinham caído de sua cabeça confusa”.

“A melhor maneira de consertar uma mentira é não contar outra”.

“Olhei pela janela e disse a mim mesma que quando a neve parasse de cair e o céu ficasse mais limpo, as estrelas brotariam e a escuridão não pareceria tão imensa e desesperadora”.

“Parecia que pedras estavam desmoronando em meu peito, uma de cada vez”.

“Eu estava cansado do clima perfeito. Todo mundo precisa de uma nevasca de vez em quando, uma aventura de vida e morte [...]”.

“Você nunca sabe o que terá que enfrentar, então é melhor estar preparado”.

“Sua história abriu uma nova porta, por onde eu queria espiar. Eu queria conhecer as outras versões dele”.

Nota da leitura:




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião para nós, viu?! É bom contar com a ajuda de quem nos lê. Os comentários sempre serão respondidos.
Relaxem e teclem conosco. :*

© Escrituras da Alma - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
Modificado por: Sâmela Faria | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo