Últimas postagens

5 fatos de O Morro dos Ventos Uivantes (Emily Brontë)


Título: O Morro dos Ventos Uivantes
Autora: Emily Brontë
Editora: LandMark (edição bilíngue português-inglês)
Páginas: 391
Ano de publicação: 2012
Onde comprar: Amazon | Saraiva

Começo esse post já explicando que desisti de resenhar essa obra prima, porque: 
1) Essa história já é bastante conhecida no mundo literário; 
2) É uma história dentro de uma história, que está dentro de outra história e assim vai; 
3) Talvez a maior verdade sobre isso é: eu não sei se conseguiria descrevê-lo. 
     E pensando em não detonar essa experiência para ninguém, decidi apenas explanar 5 fatos dos quais eu mais gostei nessa experiência literária para lá de diferente.

Você se apaixonou pela pessoa errada?


https://pixabay.com/pt/mulheres-triste-sozinho-mulher-2630140/

Você encontrou alguém a quem chamar de amor. 
As coisas começaram bem... risadas, abraços, amassos, beijos, tudo que um casal merece ter. Parecia mesmo o tal mar de flores que todos dizem por aí. Você estava feliz. A pessoa aparentemente também. E, de repente, como se em um dia de verão em que o sol estava a todo vapor e a tempestade vem com tudo e aniquila a luz do sol, deixando o clima numa revolta incontrolável, tudo sai do eixo.

#Resenha: Pela lente do amor – Megan Maxwell




Autora: Megan Maxwell

Páginas: 430 páginas

Editora: Planeta de Livros Brasil (selo Essência)

Ano de Publicação: 2015

Onde Comprar: Amazon | Saraiva





“Ele via em mim algo que ninguém mais via.”


A História



Ana, uma mulher super decidida, largou toda sua vida ao lado de sua família para viver em Madri. Ela é uma mulher encantadora, que sempre teve uma ótima condição de vida, mas que nunca ligou para o luxo, sempre vivendo sua vida da forma mais simples possível.

Ana sempre lutou para ter suas coisas e não ligava muito para a vida mesquinha que seu pai poderia lhe proporcionar, ao contrário de sua mãe e irmã, afinal, elas sempre estavam preocupadas com dinheiro.

Ana resolve viajar para poder exercer sua profissão. Além de advogada, ela ama ser fotógrafa. Em Madri, surge uma grande oportunidade que lhe tornaria completamente realizada.

E foi num dia muito improvável que ela acaba conhecendo o mulherengo Rodrigo, um homem de parar o trânsito, que com o seu uniforme fica cada vez mais irresistível. Ele é bombeiro e, num dia comum de trabalho para ambos, ela como fotógrafa e ele como bombeiro, acabaram se encontrando.

 Ele estava salvando a vida de sua amiga e vizinha, e ela realizando os flashes, capturando os melhores momentos de suas modelos.  No primeiro momento, foi algo normal para Rodrigo, pois ele só estava realizando mais uma vez seu trabalho, mas para Ana foi algo incrível.

Já no primeiro momento, algo diferente aconteceu dentro dela, lhe fazendo ter a certeza que poderia vir muito mais daquilo. E ela não desistiu, pois é o tipo de mulher que nunca desiste e, nesse caso, não foi diferente.

De repente surge uma amizade, que acaba sendo essencial para ambos, e, num outro momento, um sentimento inexplicável acaba acontecendo. Eles, além de amigos, acabam se tornando cúmplices de uma mentira inventada por Ana, já que não tinha criado coragem para contar aos seus pais que tinha que estava passando por uma situação complicada.

Rodrigo acabou ajudando-a como um verdadeiro amigo, só que ele não esperava que o sentimento poderia surgir e que ele iria ficar totalmente perdido. Será que Rodrigo irá se entregar a esse sentimento ou irá fugir? E Ana como irá reagir quando Rodrigo descobrir toda a verdade, sobre a mentira enorme que ela inventou? Terá futuro esse casal?




Personagens Principais



Ana Elizabeth tem uma irmã, Lucy, e é filha de Frank e Tereza. Ela tem o apelido de pato, dado por sua irmã. É uma mulher linda, mas seu estilo é bem simples tipo jeans e camiseta, tem o rosto emoldurado por cabelos curtos e escuros. Sempre teve os melhores estudos e se formou em direito, mas sua paixão é a fotografia. É uma grande lutadora, sempre correu atrás para conseguir suas coisas por seus próprios meios, não gosta de usar o sobrenome de seu pai para ter nenhuma vantagem, mesmo sabendo que poderia ter tudo que sempre quisesse. É totalmente diferente de sua irmã e sua mãe, que só liga para o luxo.

Rodrigo é dono de perfeitas covinhas que torna seu sorriso maravilhoso. Ele é enorme e viril, tem cabelos escuros, impressionantes olhos azuis, um nariz perfeito e lábios grossos e tentadores. Um bombeiro sexy e vigoroso de tirar o fôlego. É capitão do corpo de bombeiro, um homem de trinta e quatro anos, um metro e noventa de altura, é grande, musculoso e terrivelmente gostoso. Tem uma tatuagem tribal que começa no braço e sobe até o obro. É o tipo de homem que não liga para relacionamentos, que só quer saber de curtição e ter mulheres lindas em sua cama é algo prazeroso para ele, obviamente.


Personagens Secundários



Candela Fitwork é uma boa menina, de boa família e ex-namorada de Rodrigo. A jovem loura, linda e encantadora, adora se sentir o centro das atenções e é uma patricinha de mão cheia. É o tipo de mulher que é movida por dinheiro, onde estiver faturando mais, ela está presente. Não se pode confiar ou se entregar, pois quando você pensa que ela está do seu lado, na verdade não está. É movida por status, e isso lhe torna alguém que desejamos ter longe.

Frank Barners é pai de Ana e Lucy, ele é o diretor geral da BBC, um homem elegante e cavalheiro, que possui junto com sua família uma vida regrada de muito luxo. É casado com Tereza Dominguez, uma mulher super linda e encantadora, uma excelente mãe e esposa, sempre está ao lado de sua família para tudo, seu único problema é que acha que suas filhas precisam viver a vida da forma que ela acha melhor, e não da forma que elas desejam. Ela é o tipo de mulher da alta sociedade que adora um luxo, boa vida e tudo que tem direito, assim como sua filha Lucy.

Lucy está sempre colorida, é super “menininha”, adora estar na moda e possui muito mais roupas que é capaz de usar. Vive uma vida de princesa, se aventura em relacionamentos e adora ser uma patricinha completa.



Capa, escrita e afins



Livro encantador! A capa, a diagramação e o enredo estão muito bem elaborados, nos fazendo compreender perfeitamente quem são verdadeiramente os personagens, que por sinal foram muito bem construídos.

Eles deram uma magia linda para essa história, que nos deixa completamente apaixonados. Foi mostrado nos mínimos detalhes cada situação vivida e como é algo que se assemelha com nossa realidade, no quesito de ser possível encontrar muitos amores assim.

Pela lente do amor, conta a história de Ana Elizabeth, uma garota que troca os luxos de sua família rica para viver seu sonho de ser fotógrafa em Madri. Mostra seu encontro com e o mais lindo e mulherengo Rodrigo, que, além disso, é também muito canalha, que faz de tudo para ter muitas mulheres aos seus pés.

A história é muito fluída, pois nos faz querer saber logo o que irá acontecer, pois acabamos torcendo por cada um dos personagens. Na questão de cenas quentes, igual já vimos em outros livros da autora, não encontramos tanto, pois é algo mais romântico. As pegadas quentes são mais leves, mas não deixa de nos mostrar cenas incríveis. 


Conclusão



Nesse livro conseguimos ver que, apesar de tudo que eles passam durante a história, um sentimento que nasce aos poucos é capaz de nos deixar cada dia mais fortes e mais unidos.

O livro retrata um lindo amor, que nos faz pensar em como o amor é um sentimento belo e forte, capaz de ultrapassar barreiras e, ainda assim, se manter tão firme. É uma leitura simples e calma, que não conseguimos parar.

Essa leitura me fez rir, chorar, querer matar um, socar a cara do Rodrigo e da Ana, mas me mostrou que o amor pode tudo, basta acreditar e saber lutar.

Vocês vão amar esse livro, pois possui um toque único, que nos encanta desde o primeiro momento pela sua forma simples de mostrar um romance tão delicado. A autora caprichou e arrasou. Eu amei cada detalhe e vou ler muitas e muitas vezes, pois é assim que faço quando gosto tanto de um livro.

Quem tiver a oportunidade leia também, pois ele é perfeito.



Citações


“Porque na vida tropeçar é permitido e levantar é obrigatório.”

"Depois, arrumou a bagunça de roupas que haviam deixado quando saíram de madrugada e por fim dormiu na cama dela. De repente, precisava senti-la perto, e os lençóis tinham seu doce cheiro de pêssego."

“- Ana – murmurou ele, fazendo uma última tentativa -, pare, ou não vou poder parar. - Não quero que você pare.”

"Como dizia Encarna, se não dermos tudo mastigadinho a eles, os homens não entendem."

“Então, acorde, caralho, fique esperto! Porque é como as rosquinhas: se continuar provando uma aqui e outra ali, nunca vai saber se gosta de alguma de verdade. Porque, meu filho, embora eu seja virgem, sei que para que gostemos de algo temos que degustar, observar, cuidar, conhecer, desfrutar, e mil coisas mais.”

“O que é realmente deprimente é ouvir você falar e sentir que não tem coração.”