#Resenha: Rosa de Saron Colecionadores de Histórias – Editora Planeta




Título: Rosa de Saron Colecionadores de Histórias
Autor: Rogério Feltrin
Páginas: 192
Editora: Planeta
Ano de Publicação: 2016
Onde Comprar: Travessa  *  Saraiva  *  Americanas 
Mais informações:


“Não quero a minha vida igual a tudo que se vê.”





A História

No primeiro momento o livro conta a história da banda Rosa de Saron. Todo o livro é narrado pelo autor Rogério Feltrin, um dos fundadores da banda, onde o mesmo relembra como tudo começou, e o que os motivou para estarem há vinte e oito anos com uma maravilhosa banda, que todos que escutam suas músicas acabam tendo muitas histórias para contar.
 No livro estará presente as histórias, depoimentos de pessoas que se tornaram fãs desse trabalho (grupo), pois as mesmas se motivaram de alguma forma. E em seguida o pensamento dos colecionadores de histórias para o livro. Serão mostradas histórias de pessoas que foram tocadas de várias maneiras pelas músicas dessa maravilhosa banda. 
Percebemos com a leitura que as músicas da banda fazem parte da trilha sonora da vida de muitas pessoas, e com isso é citado em seus depoimentos partes das músicas que fazem parte da vida dessas pessoas.
A Banda Rosa de Saron é uma banda de Rock e uma banda católica, onde suas músicas falam do amor de Deus, e quem ouve e não os conhece, percebe que as mesmas podem ter duplo sentido. Duplo sentido esse que conseguimos relacioná-la com alguma fase de nossas vidas, mas sem perder a essência da mesma. Eles falam de Deus sem apelar, mais sim de uma forma subjetiva.

Personagens Principais

No livro fala dos colecionadores de histórias, e o autor é o Rogério. É o mesmo que conta de uma forma simples como era a vida da banda Rosa de Saron até os dias de hoje. Os personagens principais são, na verdade, todos os integrantes da banda, sendo eles: Guilherme cantor, compositor e produtor musical. Um homem com um olhar atraente e sério, mais muito bonito e com cabelos escuros e olhos claros; Rogério baixista, um homem simpático, também com cabelos escuros e curto. Um olhar penetrante; Eduardo (Duzinho) guitarrista, carinha de menino, tem um belo sorriso e cabelos curtos e escuro; e o Wellington (Grevão) é baterista, e o que eu acho mais sério, mas tem uma aparência de ser bem simpático e tímido. São homens com um perfil bem atraente e com um belo olhar.


Personagens Secundários

Os personagens secundários são todas as pessoas que são fãs ou se tornaram através de algumas mudanças de vida que tiveram depois de conhecer as músicas da banda. E nesse livro são todas as pessoas que não foram identificadas, mas que mandaram para os colecionadores suas histórias, mensagens e depoimentos contando como através da música elas puderam passar por algumas fases de suas vidas, acreditando e conhecendo o poder que Deus tem nelas. São histórias reais, que serão contadas pelo autor, mas o mesmo não expõe as pessoas. Nesse livro os personagens secundários fazem uma parte essencial, pois é através dos mesmos que os colecionadores de histórias relatam como é a influência de suas músicas na vida das pessoas.



Capa, escrita e afins

Esse livro é simplesmente lindo, chorei do começo ao fim. Me emocionei muito diante dos depoimentos e de como uma simples música, teve o poder de transformar a vida de muitas pessoas. Fiquei realmente sem palavras quando vi sua capa pela primeira vez. Tem uma escrita simples e de um ótimo entendimento para todos os públicos.
Eu amei cada parte e percebi o carinho nos comentários de cada parte dos depoimentos escritos por fãs. Essa foto da banda na capa, nos mostrou toda a união e simplicidade do grupo, tem uma paz sem explicação. A capa é perfeita, é uma foto da banda em um lugar onde passa um ar de tranquilidade e segurança. Retrata realmente o perfil da banda. A frase principal da capa, nos chama a atenção para saber quem são esses colecionadores de histórias e logo nas primeiras partes do texto nos é mostrado como é a banda.
É uma história bem bonita e comovente, onde retrata os depoimentos de todas as pessoas que de alguma forma foram tocadas por Deus através das músicas do Rosa de Saron.

Conclusão
Esse é um maravilhoso livro, que eu como fã da banda, fiquei sem palavras quando vi. Amei cada parte escrita, cada citação das músicas e da forma como os depoimentos foram colocados e comentados pelos colecionadores de histórias. É um livro que te deixa bem a vontade para a leitura e te faz pensar em ações e experiências que as vezes temos no dia a dia, mas que não paramos para refletir, como Deus tenta nos mostrar uma saída e o lado bom das coisas de forma bem simples.
Eu super recomendo esse livro não apenas para os fãs, mas para todas as pessoas que acreditam que Deus pode tocar nas coisas mais simples. E nesse caso, Deus tocou muitas pessoas através dessas músicas.


Citações importantes

“Minha vida, minha história
Só fez sentido quando te conheci
Seus olhos, sua face
Me levam além do que pensei
Se as vezes me escondo, em Você me acho.
(Sem Você- Guilherme de Sá)”


“Aprendi que Deus nunca nos abandona. Ao contrário, nós que viramos as costas para Ele, mas Ele está sempre ali esperando a nossa volta.”


“Manda teu Espírito
Vem me abraçar
Pra eu não chorar
Preciso de ti, aqui
Pra me consolar. (As dores do Silêncio- Eduardo)”.


“Em Você eu sei, me sito forte
Com Você não temo a minha sorte
E eu sei que isso veio de Você. (Do alto da pedra – Guilherme e Rogério).”

Nota:  5/5

© Escrituras da Alma - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa
Modificado por: Sâmela faria | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo