#Resenha: Carisma - Jeanne Ryan: você aceitaria uma dose?

by - agosto 03, 2020



E se você recebesse a chance de mudar de vida completamente com apenas uma dosagem de uma terapia genética?


Título: Carisma 
Autora: Jeanne Ryan 
Publicação: @planetadelivrosbr 
Páginas: 320 
Ano: 2019
Skoob  aqui
Compre aqui 


Aislyn é uma menina tímida. Não, na verdade, ela é uma garota com extrema fobia de público, festas, multidões e tudo que lhe obrigaria a encarar muitas pessoas. Ela sofre com isso desde que se entende por gente e já tentou de tudo para melhorar, sem sucesso.

No auge da sua adolescência, sente que está perdendo sua vida, afinal, enquanto muitos de seus colegas estão se divertindo e vivendo experiências por aí, ela vive trancada em casa, tendo que lidar com seus demônios internos e sua inutilidade com o garoto por quem está a fim.

Apesar de sua fobia extrema, ela é uma menina inteligentíssima e que adora seus estudos genéticos, o que lhe possibilita manipular DNA's como ninguém. Estagiando em um centro de terapia genética, lugar onde seu irmão frequenta para receber seu forte tratamento contra uma doença pulmonar grave, ela tem a chance de mudar sua vida para sempre:

Apenas uma dosagem seria suficiente. Ela teria a chance de apresentar seu incrível projeto de genética na escola, poderia ter coragem de falar com o carinha que gosta e ainda frequentar os lugares que seus amigos frequentam.

A questão é: a que preço e até quando?


OPINIÃO

Com uma escrita leve, fluída e muito envolvente, somos apresentados ao mundo fóbico de Aislyn. Com sua extrema fobia de pessoas, ela não consegue lidar bem com ninguém, o que atrapalha sua vida completamente.

A relação familiar discutida na história foi bem construída e curti isso, pois muitas vezes os adolescentes aparecem sem pai nem mãe. Aqui temos uma menina que cuida do irmão doente enquanto precisa lidar com suas próprias crises, enquanto, sem um pai, sua mãe trabalha duro para manter a casa em ordem e a comida na mesa.

O romance foi juvenil e não dei importância, na verdade cheguei a shippar outro par para a protagonista. Hahaha. Esta, por sua vez, foi bem construída, convincente em sua idade de adolescente de tentar consertar tudo sozinha e fiel até o fim.

A questão da terapia genética foi bem interessante de acompanhar, embora acredito ter sido mais superficial. Mas a ideia de que DNA's estejam sendo manipulados para salvar vidas é algo que estou por fora e curti ler um pouco sobre, ainda mais num livro com um toque de suspense.

A reviravolta em si foi meio surpreendente, embora eu já tivesse imaginado algo parecido, mas infelizmente não achei que foi bem trabalhada. Foi corrida, sem muito sentido e achei bem mais superficial do que deveria ser já que se tratava do desenrolar da trama.

Apesar disso, curti o livro, que li rapidamente e que me prendeu até o fim. Recomendo pra quem gosta de histórias com um toque de investigação, suspense e YA.

E então, o que me diz dessa premissa? Leria? Você teria coragem de passar por uma terapia genética para melhorar algo que prejudica seu bem estar? GRITAAAAA!

Hei! Acho que você vai gostar disso também:

0 Recados

E você, o que achou do post? Me conte aqui nos comentários!
Deixe seu link para eu conhecer seu blog também. ;)

Que tal as postagens mais recentes diretamente no seu e-mail?



Últimos vídeos:

Textos para sua alma