Amor,

Entre o calor daquele abraço

fevereiro 27, 2018 Carol Estacio, 2 Comments



Imagem via Pixabay

E quando eles se unem viram fogueira, e ele ainda fica colocando lenha.

É a combinação perfeita de vinho, seja ele seco, suave ou tinto.

É aquele mergulho que quebra o calor nos dias mais quentes do verão.

Mas que faz da água fogo fácil ao sentir aquela união.

Das estrelas mais brilhantes, a luz do olhar, tão cúmplice e tão singular.

São as palavras mais bonitas que ele diz, e ela quase não aguenta o coração acelerar.

"Te olharia um dia inteiro ainda sem acreditar, mas sei que atravessaremos os anos ainda bobos quando de nossa história lembrar. Eu ou você." - Era tudo que ela costumava dizer quando o sentia tão perto, quando a respiração faltava. Era tudo que pensava quando o beijo calava as palavras.

De todas as incertezas, a maior certeza.

E dentre a gratidão na oração que ela fazia, a paixão que se renova a cada dia, em cada gesto ou olhar.

Enquanto ela escrevia esse texto, emoldurados pela paisagem noturna da estrada, ele, sem perceber, a inspirava.

Você diz que ela é teu anjo, e ela vai abraçar-te com as asas.

Ao mesmo modo que quer se perder nos seus braços que dão sentido ao sentimento mais puro.

É que entre os beijos e a lenha que colocam, sincronizados, na fogueira o melhor sentido é quando o coração de ambos disparam juntos, no calor daquele abraço.


2 comentários:

  1. Oi, Carol!
    Eu amei o seu texto <3 Principalmente porque ele está sendo escrito enquanto o momento está acontecendo. Achei bem interessante!
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Mari!! Ahh que bom, fico feliz. Muito obrigada, s2

      Excluir

E você, o achou do post? Me conte aqui nos comentários!
Deixe seu link para eu conhecer seu blog também. ;)