Conheça nossa página

Dois corações e uma história

Foto via, weheartit
Sempre foi assim, ela de um lado, e ele do outro. Meias palavras trocadas e algumas risadas. Um jeitinho diferente de se falar, de se olhar... Pequenos detalhes que se levaram durante anos.

E de um jeito meio louco, uma confiança nasceu entre os pingos da chuva e o fogo. 
Não importa o que de fato aconteceu naquela noite ou nas demais que vieram, o que importa é o que despertou ali, quase como cantado em coro.

As manias, os sorrisos e os olhares. Aquele carinho disfarçado na graça da adrenalina do carro. As confissões entre linhas das mensagens recebidas.

* * *

Ela aproveitou aquela tarde chuvosa para pensar e lembrar de tudo que dele já tinha ouvido falar. Do susto de perceber algo bom, ela assumiu finalmente que já sabia, ainda que as incertezas tentassem a convencer do contrário.

Ela decidiu deixar os medos de lado e depois de tanto tempo, se permitiu sentir algo novo que sempre esteve ali, adormecido, esperando a hora certa para acordar.

Sorrindo, lembrou daquela noite no bar. E foi como ela mesma disse, ainda que meio sem acreditar, envolvida naquele abraço que, de um jeito estranho, lhe parecia familiar: - Parece tão certo. - Repetiu inúmeras vezes para si, por mais louco que pudesse parecer falar.

Ele, naquele turbilhão louco de sensações, quase não conseguia acreditar o quão real era aquela situação. Fazia poucos dias que havia dito não sentir-se vivo por dentro, como se dele lhe fosse arrancado os sentimentos. E de repente, como num piscar de olhos, tudo se apagou, o sentimento voltou, por melhor dizer, despertou... Bom, ele disse que a vida havia tomado cor de novo.

Das vidas que tão próximas caminhavam opostas em um instante, tornaram-se uma só. E dessa história somente as reticências determinaram o suposto "ponto final", porque deles sempre haverá algo a mais a ser dito...

2 comentários:

E aí? O que achou do post? Gostou? Tem alguma crítica construtiva ou dica? Deixe nos comentários! Lemos e respondemos a todos! Ah e deixe o link do seu blog para que possamos te conhecer melhor. Obrigada pela visita e volte sempre.

© Escrituras da Alma - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
Modificado por: Sâmela Faria | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo