Conheça nossa página

#Resenha: Desejo Insaciável - Kresley Cole


Título: Desejo Insaciável (Série Imortais, Vol. 1)

Autora: Kresley Cole

Editora: Valentina

Páginas: 352

Ano de publicação: 2016

Nota da leitura: 4/5

Onde comprar: Amazon / Saraiva
👌 Sinopse
👉 Skoob

Paixão é poder!


A História

Emmaline é uma mulher doce e delicada. É universitária e tem apenas 70 anos. Sim, 70, porque, pasmem ainda mais: ela é uma vampira. Embora seja uma vampira, ela não é capaz de fazer mal a ninguém. Sequer de matar uma mosca! Emmaline quer ser livre, mas, antes disso, há algo que ela quer ainda mais: encontrar seu pai. É quando ela parte para Paris em busca do paradeiro de seu pai que é capturada por Lachlain, um Lykae grande e feroz.

Lachlain é um lobisomem. Grande, astuto e feroz, ele vai em busca de sua parceira ao sentir seu cheiro no ar. Ele passou os últimos 150 anos preso e sendo torturado pela Horda dos vampiros e agora quer vingança. Mas, antes, há algo que ele quer ainda mais: proclamar sua posse sobre sua parceira, aquela a quem ele foi destinado desde sempre, aquela por quem ele esperou todos esses anos.

Só há um problema nisso tudo: eles são opostos. Enquanto um é vampiro, o outro é lobisomem, como podem dar certo? Além do mais, os vampiros são inimigos declarados de Lachlain.

Será mesmo que o destino lhe preparou, após tantos séculos, uma tremenda de uma pegadinha?

Personagens principais

Emmaline, mais conhecida como Emma, é uma vampira diferente: muito pequena, ela não mata para sobreviver. Só que ela não é só isso. Sua mãe morreu quando ela ainda era pequena, portanto foi criada pelas Valquírias (fadas) e aprendeu tudo que precisava para viver e se defender, no entanto, ela nunca precisou. Sempre foi conhecida como uma mulher frágil, sensível e delicada demais, portanto, sempre foi protegida por suas tias. Emma é muito dócil, é verdade, no entanto, sua valentia é inegável. Em busca do paradeiro de seu pai, ela parte em uma viagem à Paris e, mesmo tendo vivido 70 anos, é através de sua busca que sua vida realmente começa.

Aterrorizada pelo Lykae grande e feroz que a sequestrou, Emma segue suas ordens. E talvez seu medo esteja entrelaçado a outras coisas. Outros sintomas, como um desejo insaciável, por exemplo. Mas, com o passar dos dias, a coisa vai ficando mais séria e, agora, ela se sente presa ao Lykae de alguma forma. Acontece que suas piores suspeitas acabam por se concretizar e talvez ela não tenha mais como fugir. Diante de tantas mudanças e descobertas, Emma vai se descobrir bem mais forte do que pensa.

Lachlain é um homem muito forte e selvagem. Do tipo que impõe medo. Quando se transforma, vira uma verdadeira fera. É o lobisomem Rei, é feroz e está corroído pelas lembranças de um passado de 150 anos de tortura. Está consumido pela fúria e desejo de vingança. Ele só tem 3 desejos: proclamar sua posse sobre sua parceira, voltar para seu reino e ir em busca da sua vingança.

Ainda com sequelas de toda tortura que passou, Lachlain sente o cheiro de Emma no ar e a encontra. Sem se preocupar com a vontade da moça, ele a carrega com ele, ainda consternado por descobrir que ela é uma vampira, uma inimiga! Para ter certeza de quem ela é realmente, ele a sequestra e a leva para seu castelo, onde reina. É quando tudo em sua vida muda drasticamente e, talvez, suas maiores vontades possam mudar totalmente de rumo.

Ele vai descobrir que, ao seu lado, não existe só uma vampira, pois Emma é muito mais. E o faz ser mais também.


Personagens secundários

Lucia, Regin, Kaderin e Nix são suas tias Valquírias. Annika é sua mãe adotiva, também uma Valquíria. A mais velha de todas e, segundo informações alheias, uma advinha, além de uma estrategista sem igual e lutadora destemida. Lucia é a mais sensata de todas, além de uma arqueira excepcional. Todas são inimigas declaradas dos Vampiros, então, já se pode imaginar tudo que Emma passou. Não, ela não sofreu nenhum tipo de abandono. Pelo contrário, as Valquírias acolheram-na desde o primeiro momento, deram-na uma boa educação e sempre garantiram sua proteção. No entanto, também nunca esconderam o ódio nutrido pela espécie Vampira, o que, de qualquer forma, inclui Emma. Embora Emma tenha sentido certo desconforto nesses casos, jamais se sentiu sozinha. Sabia que suas tias fariam de tudo por ela, como irão fazer.

Harmann é um Lykae honesto e inteligente. Ele é quem cuida do castelo de Lachlain. É um cara de confiança que o ajuda sempre que pode e está lá desde sempre.

Garreth é o irmão de Lachlain, o único parente vivo. No entanto, assim que Lachlain chega em casa, percebe que seu irmão partiu em uma viagem, podemos dizer, misteriosa. Ele vai se provar um pouco mais surpreendente depois.

Bowen é o melhor amigo de Lachlain. Tem cabelos pretos e olhos dourados. Apesar de sempre ter sido um lobisomem valentão, após sofrer grande perca está desolado e desorientado, viciado em bebidas e sabe-se lá o quê mais. No entanto, uma coisa é certa: ele faz de tudo por seu rei e rainha.

Demestriu é o mais velho e mais forte dos Vampiros, ele reina na Horda e é inimigo declarado de muitos outros reinos, como as Valquírias e os Lykaes. Foi Demestriu quem torturou Lachlain, o prendendo em um lugar de onde ninguém jamais saiu, até que Lachlain o fez. Só que ele pode guardar ainda mais segredos devastadores.


Capa, escrita e detalhes

Eu adorei a capa! Tem um lado sombrio logo de cara e isso tem tudo a ver com a história. Tem alto relevo no título e essas coisas que a gente adora. Por falar em título, de início achei que o título não condizia tão bem com o enredo, porém, agora consigo enxergá-lo sob duas interpretações e todas as duas batem: um desejo insaciável de Lachlain pela sua parceira e vice-versa e um desejo insaciável que ele mantinha por vingança. Enfim, dá super certinho, não é? Hahaha.

Gosto que as coisas possam se encaixar…

A escrita da autora é incrível! Eu adorei, realmente. Normalmente, sinto um pouco de dificuldade quando o livro traz muitos detalhes e reinos e reis e inimigos.. Mas a autora soube simplificar tudo, deixando cada detalhe com sua relevância na medida certa. Sem contar que a escrita dela é super leve e envolvente. Dá para engolir o livro em poucos dias, se você não estiver atolado(a) de tarefas como eu. Hehehe. Por exemplo, dá para ler em um final de semana (estou me perguntando o porquê de eu não ter pensado nisso antes).

Ah, o livro é escrito em terceira pessoa e reveza mostrando a situação de cada personagem. Não dá para se perder.

Vamos aos detalhes da história. O clímax é bem previsível, por se tratar de um clichê. É verdade que já estamos acostumados com o tipo de enredo desse livro: um amor proibido, uma mocinha e uma ferinha, inimigos ou não, terão de lutar para ficar juntos. Beleza, é exatamente assim, mas o que costumo dizer é que, mesmo sendo um clichê, cada história carrega sua mensagem, então está sempre valendo.

O amor entre o Lykae e a vampira acontece aos poucos. Não é amor à primeira vista nem nada. Na verdade, é medo à primeira vista e ódio à segunda olhada. Então tem toda uma construção dessa relação quase impossível, são muitos contras e eles terão de mudar o jogo, só que, antes, ela precisa se convencer dessa loucura toda de que foi destinada à um lobisomem selvagem. E eu adorei como os dois foram se envolvendo, com brigas e pontapés, fugas e desejos inesperados.

O único ponto negativo nessa história toda foram os combates. Fiquei toda empolgada na hora dos combates mais esperados durante todo o livro e pá!, acabou. Achei muito fraco, sabe? Para um tipo de ser temido por todos e consagrado o mais forte, me pareceu um tremendo bundão. Enfim, o que quero dizer é que achei que os combates mereciam mais atenção, detalhes e dureza.

Conclusão

Essa foi uma história muito gostosa de ler. Senti-me muito à vontade com a escrita da autora e com os personagens. Gostei bastante do modo como a autora conduziu a história, mesmo sendo previsível.

Eu super recomendo para quem gosta de ficção, com aquela ressalva dos combates, claro. Porque, se você já lê ficção, pode sentir o mesmo que eu.

E se você ainda não lê ficção, esse livro é excepcional para um começo!

Havia um tempo que não lia nada do gênero e adorei!

Fica aqui uma dica de leitura ótima para um final de semana, sem contar que é uma série, não é? Para quem ama séries (euzinha), pode começar essa, esse é só o primeiro livro.

Então, tirando essa parte dos combates que mereciam mais atenção, eu adorei a leitura e super recomendo, principalmente para quem quer sair um pouquinho da nossa realidade corriqueira.
Preciso dizer que estou ansiosa para os próximos da série?! 


Citações preferidas

Seu corpo trêmulo era pequeno demais, mas seus olhos… grandes, límpidos, tinham o mesmo tom forte de azul do céu que ela nunca conheceria.”

A audácia criava reis, e chegara o momento de ele recuperar sua coroa.”

Não era necessário um especialista em anatomia para constatar que eles não teriam condições de se encaixar um no outro.”

Sentou-se na grama molhada, num país estranho, onde as estrelas pareciam desordenadas, como se o céu tivesse, de certo modo, desabado de lado. E não havia ninguém com quem ela pudesse compartilhar seus medos e suspeitas.”

Ela tem uma bunda sobre a qual os homens deveriam escrever sonetos...”

Nota da leitura:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

E aí? O que achou do post? Gostou? Tem alguma crítica construtiva ou dica? Deixe nos comentários! Lemos e respondemos a todos! Ah e deixe o link do seu blog para que possamos te conhecer melhor. Obrigada pela visita e volte sempre.

© Escrituras da Alma - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
Modificado por: Sâmela Faria | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo