Conheça nossa página

#Resenha: Princesa de Papel – Erin Watt (Editora Planeta – selo Essência)



Título: Princesa de Papel (Série The Royals, livro 1)
Autora: Erin Watt (pseudônimo das autoras Elle Kennedy e Jen Frederick)
Editora: Planetade Livros Brasil (Selo Essência)
Páginas:  364
Ano de publicação: 2017
Nota: 5/5
Onde comprar: Saraiva * Travessa * Amazon

A História
Ella Harper tem apenas 17 anos e já passou por poucas e boas na vida. A única pessoa que ela tinha, sua mãe, acaba de morrer, e agora Ella está sozinha. Sofrendo com a morte da mãe, mas lutando para sobreviver, a garota trabalha como stripper, estuda e mora sozinha, bancando a si mesma. Sua vida parece um caos total, mas ela não é do tipo que desiste.
Quando Callum Royal surge em sua vida, alegando ser seu tutor legal e amigo do falecido pai que ela não conheceu, sua vida muda completamente. Do lixo ao luxo, ele lhe oferece uma vida digna, com uma boa mesada por mês, uma casa luxuosa com um quarto só dela, comida, roupa e conforto total. Então, ela acaba aceitando afirmando a si mesma que nada nunca poderá lhe atingir, afinal ela já passou por muita merda na vida e sempre sobreviveu. Sem contar que ela sempre terá a oportunidade de fugir mais uma vez, como sempre fez.
Ao chegar na mansão Royal, ela conhece os cinco filhos de Callum. Os cinco seres mais lindos que já viu, em especial, Reed. O também mais mal humorado. Nenhum deles a quer ali. Nenhum deles a recebe de bom agrado e deixam isso bem claro, mas ela os considera pedra pequena no sapato, depois de tudo que já passou.
O que ela não espera é que seus problemas agora podem ser de outro nível, mas ainda assim são problemas e que, talvez, ela poderá desejar fortemente fugir de novo, mesmo encontrando o amor, ou, justamente, por tê-lo encontrado.
Personagens Principais
Ella Harper nunca conheceu o pai, só sabia seu nome e guardava em seu pulso um relógio que, segundo sua mãe, era dele. Desde os 15 anos, Ella trabalha em vários lugares para ajudar a mãe doente, pagar suas contas e ter o que comer. Ao se deparar sozinha no mundo, após a mãe falecer, ela foge para uma cidade e dá início a uma nova vida, trabalhando como stripper e estudando, com o objetivo de conseguir ir para a faculdade. É uma jovem loira, de olhos azuis, muito atraente e, por não viver sorrindo, quando o faz, todos se encantam.
Reed é um cara arrogante e popular na escola particular em que estuda, onde Ella também é matriculada. Juntamente com os irmãos Roayl, ele manda e desmanda no lugar. Sem aceitar de jeito nenhum a entrada de Ella para a vida de sua família, ele baixa um decreto para que ninguém seja legal com ela. E é assim que acontece. Ele acredita que Ella está dormindo com seu pai, então faz de tudo para tirá-la do caminho. Mas, apesar de ser arrogante e mimado, o cara é sedutor e lindo, chama atenção por onde anda e tem todas as garotas que quiser. Talvez ele não seja tão arrogante assim.
Personagens Secundários
Callum Royal era melhor amigo de Steve, pai falecido de Ella. Ele agora é seu tutor legal e está cuidado de tudo sobre sua herança (põe herança nisso!) e faz de tudo para que Ella se sinta em casa. Porém, ele tem seus problemas também, sua mulher morreu de overdose e seus filhos o culpam pelo acontecido, mesmo após dois anos. Ele namora uma garota mais nova, mas não parece querer firmar nada com ela, mas ela faz de tudo para que sua vontade prevaleça.
Além de Reed, existem mais 4 irmãos:
Gideon, o mais velho e o que cursa alguma faculdade fora, então ele vem e vai de vez em quando e, apesar de mais velho, não parece ter diferença de juízo dos outros irmãos, mas, junto com Reed, ele é quem manda na tropa.
Easton é o cara mais grudado com Reed, mais imaturo e viciado em umas porcarias da vida. Mas é legal, depois que deixa de ser incrivelmente estúpido e dá uma chance a Ella. Os dois ficam muito amigos.
E tem os dois gêmeos de 16 anos, Sebastian e Sawyer, que não se desgrudam, namoram a mesma pessoa e se enfiam em coisas que não sabemos ainda, porque são totalmente sem juízo também.
Valerie é a amiga que Ella faz logo assim que se conhecem. Elas têm a mesma vida e pelos mesmos motivos: caridade familiar. Ou seja, são as bastardas da família e, por isso, elas sofrem preconceitos diante de todos, estudando na mesma escola caríssima que gosta de manter as aparências e de exibir os filhos das melhores família do local.
Capa, escrita e detalhes
A capa é incrivelmente linda, nos ganha nos detalhes. E eu adoro detalhes! Com uma coroa desenhada, faz total sentido com a história e com o título que, meu Deus, me encantou. Qualquer um compraria o livro pela capa e eu dou muito valor a isso, porque, de fato, continuamos comprando livros pela capa. Achei linda demais também a combinação da coroa desenhada em cada capítulo.
A escrita é MUITO fluída. Sério, eu li esse livro em 12 horas. Sendo seis horas em cada dia, ou seja, se preferir, li o livro em dois dias apenas. E estou encantada com a escrita que nos toca profundamente. A gente se sente parte da história, como se estivéssemos mesmo contracenando Ella, que é a narradora em primeira pessoa do livro.
Os acontecimentos que surgem durante a história também me prenderam muito. Eu simplesmente não conseguia parar de ler e, quando parava, ficava horas pensando na vida da Princesa de Papel e como seria se fosse eu lá no lugar dela. Definitivamente, eu não teria suportado tanto.
Conclusão
Enfim, é perceptível que eu amei o livro, né? Porque, sim, eu AMEI! E suuuuuper recomendo essa obra, porque é simplesmente incrível! Se você gosta de um bom romance, bem amarrado, escrito e estruturado, vai adorar ler Princesa de Papel. E vai se chocar com a tamanha fortaleza que ela construiu em seu castelo.
O livro fala sobre amor, sobre preconceitos, sobre a sobrevivência, sobre o crescimento precoce, os problemas que herdamos da vida, da perda e dos desencontros. Mas, acima de tudo, fala sobre superação, o valor da família e o quanto a gente ainda pode suportar, mesmo quando tudo parece ser totalmente o fim.
Recomendo muito para você que ama séries, porque sim, minha gente, esse livro é o livro 1 da série The Royals. E para quem é amante da leitura, que gosta de livros que dá pra ler rápido, que tem amor e muita loucura, mas que também te passa bons ensinamentos, esse livro vai te cair como uma luva.
Citações
É o que me deixa à vontade, porque a miséria não mente. Não está embrulhada em um pacote bonito. É o que é.”
Nada fica brilhante para sempre neste mundo.”
O que estou sentindo agora é… algo que me consome inteira. É quente e doloroso e poderoso e está em toda parte, inundando meu coração, pulsando pelo meu sangue.”
Nota: 5/5

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião para nós, viu?! É bom contar com a ajuda de quem nos lê. Os comentários sempre serão respondidos.
Relaxem e teclem conosco. :*

© Escrituras da Alma - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
Modificado por: Sâmela Faria | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo