O meu vazio me preenche

by - abril 30, 2020




Procuro no interior de mim algo que valha mais do que um nada, mas... 

Estou vazia, ou melhor, sou vazia. 

Sou vazia de esperança, de amor, de personalidade. Como preencher esse vazio tão vasto?

Há tantas pessoas preenchidas de tudo e um pouco mais, tendo tanto a oferecer, mas, e eu? Eu não me recordo dessa sensação de inundar dentro de si mesmo e de poder desfrutar da vastidão de possibilidades que há guardada exclusivamente para o interior de cada um.


 O meu vazio me preenche. Contudo, eu já fui preenchida por algo a mais que isso. 
No passado. 

Sim, o meu interior já foi superlotado, mas ele não aguentou. Agora, sigo vazia.

Desvencilhei de tudo aquilo que me impedia de seguir em frente e comecei a lutar por algo que realmente fosse durar para sempre - ou que durasse apenas um pouco, a ponto de eu saber como é se sentir completa. 

E encontrei? Sim e não. 

Tive chances de ter algo para mim, mas deixei passar. Depois, procurando incessantemente, a minha procura resultou em nada. Voltei ao início de tudo. Vazia de novo. Talvez eternamente agora.
Às vezes, é muito melhor estar vazia do que preenchida. 
É uma sensação estranha, mas reconfortante. Esquecer de tudo por um pouco, reaprender a ser novamente. É tudo um recomeço, mesmo não tendo nada como base para que isso aconteça. 
É aprender que até o vazio pode ser tão enlouquecedor do que todas as coisas juntas.
Cabe agora em mim apenas o vazio, pois o meu vazio me preenche.

Hei! Acho que você vai gostar disso também:

0 Recados

E você, o que achou do post? Me conte aqui nos comentários!
Deixe seu link para eu conhecer seu blog também. ;)

Que tal as postagens mais recentes diretamente no seu e-mail?



Últimos vídeos:

Textos para sua alma