O ar que esquecemos de respirar

by - abril 07, 2020




Se renovar. Descobrir-se. Se amar. Três coisas que devíamos fazer sempre e sem medo. Por quê? Você deve estar se perguntando. Porque a vida é inconstante, mas é fácil se perder na rotina do dia a dia... filhos, marido, trabalho, faculdade, e responsabilidades que ocupam tanto nosso tempo, e nos fazem esquecer que também somos importantes.

Esquecemos de notar as pequenas mudanças e de reconhecer as grandes, de aceita-las e amar. Se renovar é como respirar ar puro e se libertar do que já não se encaixa.
Eu sei bem como é se dar conta de como esqueceu de si mesma, de se olhar no espelho e perceber quanto tempo faz desde que tirou um tempo para cuidar de si, de tirar as sobrancelhas, fazer as unhas, uma hidratação, de fazer algo que goste
Sei como é sentir que algumas coisas já não encaixam mais. E é maravilhoso quando nos damos conta de que precisamos de mudanças, a possibilidade de renovação traz uma sensação de excitação e, para alguns, um frio na barriga.
É importante lembrar que não somos constantes, como já dizia Raul, somos uma eterna metamorfose ambulante e estamos sempre mudando, e é crucial pararmos para reconhecer essas mudanças, se redescobrir e amar o novo em si. 
Poder notar que aquela música que adorava já não é sua preferida, que seus ideais em algum momento se modificaram. O autoconhecimento é importante para nosso crescimento pessoal, saber o que te faz feliz e o que afeta sua vida, seus medos e desafios, saber seus pontos fortes e fracos, pode dizer onde precisa melhorar para alcançar seu objetivo ou sonho.
Nunca, jamais, esqueça que você também é prioridade, tire um tempo para si todos os dias, faça algo que te faça feliz e te deixe com a alma leve dos estresses do nosso cotidiano. 
Não se esqueça de dar risadas, gargalhadas de doer a barriga, de sorrir e abraçar, não esqueça de tomar novos caminhos, de mudar o corte de cabelo, de arriscar e se desafiar, de todos os dias fazer algo que te dê medo e te faça crescer. Afinal, a felicidade mora nas coisas simples e são os bons momentos que vão nos acompanhar até o fim.
Prefira se arrepender de algo que fez do que de nunca saber o que teria sido por medo de tentar. Respire e siga sempre em frente.

Autoria: 
Leticia Volpe, 23 anos, estudante de pedagogia, UEMG.

Esse texto foi enviado através do quadro #LeitoresEscrevem. Envie seu texto também! E-mail: blogescriturasdaalma@gmail.com

Hei! Acho que você vai gostar disso também:

0 Recados

E você, o que achou do post? Me conte aqui nos comentários!
Deixe seu link para eu conhecer seu blog também. ;)

Últimos vídeos:

Textos para sua alma