Amor,

Cartas jamais enviadas: um anônimo na madrugada

setembro 20, 2019 Equipe do Escrituras da Alma 0 Comments

https://pixabay.com/pt/photos/tecnologia-computador-neg%C3%B3cios-3224644/



Para a garota determinada e de temperamento forte:
Determinação é o estandarte que você carrega na constante batalha que vive dentro de si mesma. Você é forte e feroz, mas guerras não combinam com você, joga o seu estandarte no chão e colha flores ao invés de espólios de guerra. Você é linda quando está em paz, assine um armistício com seu coração.

PS: Meu primeiro amor, para você que está tão distante eu desejo paz. Será que antes da morte nós realmente assistimos um resumo da nossa vida? Se for isso mesmo você terá seu lugar especial no meu filme como já teve no meu coração.


Para a garota doce e gentil:
Sua doçura nunca foi sinal de fraqueza embora você pense exatamente o oposto. É ela que torna você única e especial. Essa mesma doçura é contagiante e um presente para aqueles que tiveram o privilégio de receber ainda que uma minúscula fração.  Fraco é aquele que por medo se esconde e não se permite ser visto ou tocado. 

PS: Ai, ai, dona encrenca, faz tempo, não? Mesmo tantos anos passados às vezes me pego suspirando e me lembrando de você mesmo que por poucos segundos. Você definitivamente foi e sempre vai ser o amor da minha vida mesmo que não estando juntos, tonta! Espero que seja feliz onde for mesmo se for à direção oposta à minha.


Para a garota com o maior coração que vi:
Você deixou que muitos tolos menosprezassem o que há de melhor em você por muito tempo! Sei que com um grande coração vem o dilema de enchê-lo e correr o risco de armazenar coisas tóxicas ou viver com ele vazio. Ame e não se corrompa por ninguém.

PS: Carrego uma dívida eterna com você bocó, sempre vai ter um amigo, um aliado em mim. Sinto muito por não ter tido a experiência para identificar que o tipo de amor que sinto por você se chama amizade.


Para a garota que é filha da Lua:
Você provavelmente não sabe, mas quando sorri tudo ao seu redor brilha e se torna aconchegante. Quando você se apagava e deixava apenas uma casca vazia como sentinela, era como ter uma adaga apontada para o meu estômago. Você nasceu para ser sol e não trevas.

PS: Eu sei que já nos conhecíamos de outras vidas, você não precisava ter me despido e me contado meus próprios segredos na primeira vez que me viu. Qual de nós dois foi queimado e qual morreu pela cruz?
“Fire, oh fire. I can still feel your warmth”


E, finalmente, para o jovem tolo que vivia sozinho atrás de suas muralhas no passado:

"Se o pássaro não canta, eu espero até que ele cante."
 - Tokugawa Ieyasu


Todos os momentos, todos os beijos, todos os passos de mãos dadas, todas as refeições preparadas em casa, todas as canecas de café, todas as brigas, todas as reconciliações, todos os términos. Partes inseparáveis da minha vida.
Autoria: Anônima



PS: Recebi esse texto por e-mail, através do quadro Leitores Escrevem. A pessoa quem o escreveu pediu anonimato, portanto, não teremos um nome a quem creditar dessa vez.

Comentários
0 Comentários

0 Recados:

E você, o que achou do post? Me conte aqui nos comentários!
Deixe seu link para eu conhecer seu blog também. ;)