Planeta de Livros,

#Resenha: O Canalha do 610 – Mila Wander

fevereiro 03, 2019 Ana Paula Mota 5 Comments


Autora: Mila Wander
Páginas: 416 páginas
Editora: Planeta de Livros Brasil (selo Essência)
Ano de Publicação: 2018
Onde Comprar: Amazon | Saraiva
👉 Esse livro é Spin-off de O safado do 105.

 “Ás vezes, o simples fato de tomar uma decisão é o bastante para que uma vida inteira ganhe um sentido que nunca teve antes.”

 


A História


Carlos júnior, conhecido como Caju, é um lindo homem que é do tipo garanhão, estando sempre preparado para um momento de diversão. Ele é um ótimo profissional e se dedica muito ao trabalho, mas às vezes é necessário usar meios para realizar grandes vendas e, com isso, acaba fazendo uso do artifício da sedução e do sexo para impulsionar suas vendas imobiliárias, já que podemos dizer que ele é um cara perfeito.
Um homem que, além de sua beleza exterior, possui um grande coração. Quem o conhece bem sabe o quanto ele faz de tudo para ajudar quem realmente ama. No livro o personagem mostra o quanto pode ser esses dois homens: romântico (sedutor) e um verdadeiro canalha.
 Emanuelle, para os mais próximos Manu, é uma mulher incrível que, assim como seu amigo Caju, já sofreu muito na vida, mas a amizade existente entre os dois é algo capaz de fortalecê-los para enfrentar todos os desafios da vida.
Ela é uma mulher linda que não liga muito para as aparências, não esquenta com os padrões ditos pela sociedade, a única coisa que importa para ela é ser feliz. É isso que ela tenta fazer todos os dias de sua vida. Ela e Caju são inseparáveis são grandes amigos que sempre estiveram um ao lado do outro, nunca imaginaram que essa amizade poderia ir bem além. 
O que nunca passou pela cabeça dos dois é que algo poderia surgir entre essa amizade e que esse acontecimento só seria capaz de modificar a vida dos dois para melhor.
O canalha acabou conhecendo uma linda mulher no elevador e, com o passar dos dias, ele fez de tudo para conquistá-la. E só assim percebeu que poderia ser muito mais do que pensou.  
Um canalha pode virar um romântico?
 

Personagens principais


Emanuelle Ferraz, mais conhecida como Manu, é uma mulher cheia de vida. Com seus trinta anos de idade, ela não se classifica como a mulher mais bonita, mas sempre soube o que queria da sua vida. Sempre usou suas roupas e cabelo da forma que desejava, não ligando para os padrões impostos pela sociedade.
Ela sempre criava suas próprias roupas, então cada dia estava de uma maneira totalmente diferente, no estilo que ela amava. Mexer com moda é a sua paixão e ela está se dedicando ao máximo para montar sua própria grife de roupas.
Manu tem belos cabelos compridos, ondulados que, da metade para baixo, tem uma coloração roxa, o que lhe faz ser única e super estilosa. É um tipo de mulher muito teimosa, romântica e orgulhosa, mas é uma ótima pessoa, que está sempre pronta para ajudar quem precisa.
Carlos Junior é o Caju, um homem de trinta e dois anos, formado em administração e possui um emprego maravilhoso, que lhe dá um padrão de vida muito boa. Ele é o melhor amigo de Manu, é o tipo de amigo que jamais te abandona e que faz de tudo para ajudar.
Mas como homem ele não passa de um canalha. Aproveita de sua profissão como corretor de imóveis para estrear algumas vendas, deixando suas clientes satisfeitas. É um homem muito lindo com seus cabelos castanhos meio claros e olhos que variam entre mel e azul escuro.
Tem corpo de lutador, estreito, porém com todos os músculos no lugar. Suas feições são bem comum, nunca foi do tipo que se destacava por alguma característica, exceto por seus olhos claros que variava de tonalidade de acordo com a iluminação. Sua pele é bem branca, destacando seu olhar.
Ele tem um jeito muito cara de pau, um cara muito ambicioso, sempre foi o típico contador de vantagens.  




Personagens secundários

 


Georgina é mãe de Caju. Ela tem cinquenta e cinco anos de idade e vive numa clínica, pois, depois da sua decepção com seu ex esposo, ela acabou precisando de cuidados especiais e só o filho não dava conta.  Depois do momento que ela foi para essa clínica, passou a não conseguir reconhecer seu único filho.

Karen morava junto com Manu. Quando estava nervosa ela falava feito uma doida. Ela e Manu foram companheiras durante onze meses, e terminaram porque Manu acabou se decepcionando com ela. Essa decepção foi tão grande que sua vida mudou completamente depois disso. 

Os pais de Karen são empresários riquíssimos e, com isso, ela tem tudo que quer. É um tipo de mulher muito bonita, mas por trás dessa beleza existe uma mulher muito maldosa e falsa, que enquanto não consegue o que quer não sossega.

Sarah Mendes é uma empresária conceituada no ramo de tapeçarias finas, ela é cliente de caju. É uma linda mulher de belos cabelos ruivos, super naturais, é muito bem sucedida, inteligente e acostumada a brincar com os outros, e com caju não será diferente.

Caio é irmão de Caju. Ele é um cara alto, todo sarado e faz muito sucesso com as mulheres, sempre teve uma lábia admirável e sabe convencer qualquer pessoa. Ele sempre adorou um sexo liberal e a maior parte de sua vida foi vivendo de uma forma liberal em todas as questões. Ele nunca ligou muito para as coisas até conhecer sua atual noiva. Ele é um chefe e cozinha muito bem; sua noiva, Raíssa, é a que mais ama tudo que ele faz.

Raíssa é uma mulher linda, que enxergou o que nenhuma mulher nunca foi capaz e soube absorver tudo de melhor que Caio sempre teve, mas que ficou escondido por um tempo, por causa de uma grande mágoa. 

Ela tem olhos esverdeados e cabelos ondulados. Ela desistiu de ser analista de sistema e agora resolveu se dedicar a ser cozinheira, assim como o noivo. É o tipo de pessoa que você bate o olho e logo quer se aproximar, pois ela encanta as pessoas com seu jeito simples de ser.

Abgail é avó de Manu. Ela é uma senhora de oitenta e quatro anos de idade e tem alguns problemas cardíacos que precisa de cuidados vinte e quatro horas por dia. Com isso, mora em um asilo, já que a nela precisa trabalhar e não possui condições para arcar com todos os gastos.

Bocão é amigo de Caju e Manu. Seu nome é Adriano, ele é alto e parrudo, com cabelo loiro raspado ao estilo militar. Tem uma voz grave que combina com seu tamanho.

Ele tinha esse apelido, pois falava pelos cotovelos e sempre metia um monte de palavrões no meio da conversa. Tem quase quarenta anos e, apesar de ter essa idade, não tem um pingo de maturidade. É um cara legal e divertido, mas também um “sem noção”.


Capa, escrita e afins



Gente, me diz que capa é essa? Mila, assim você deixa todas as mulheres loucas...

Apesar da capa ser simples, o caju foi muito bem representado e ele é um homem perfeito, com um olhar penetrante, que me deixou super ansiosa para conhecê-lo ainda mais. A capa segue o mesmo estilo do safado.

Esse livro nos mostra uma linda amizade entre Manu e Caju e, com o passar do tempo, acabou se tornando muito mais. Eles cresceram juntos e desde sempre estiveram juntos para tudo. E quando digo tudo é tudo mesmo.

Manu sempre soube todos os detalhes da vida de Caju, assim como Caju também sempre soube tudo que acontecia com a amiga. Mas, quando eles menos imaginam, um sentimento muito maior vem à tona no meio dessa amizade. Sentimento esse que acaba mexendo muito com os dois e transformando essa linda amizade em algo muito maior.

A escrita do livro é super leve e fluída, como no primeiro livro. Dá para ler rapidinho, pois não tem enrolação.



Conclusão



Não é necessário ler o livro O safado do 105 para poder entender esse segundo livro, mas seria ótimo para você conhecer essa família maravilhosa. Esses irmãos passam por muitas coisas e, com o tempo, eles aprendem o grande significado que cada um tem na vida um do outro. Foi algo que me deixou muito feliz de saber e de conhecer essas duas lindas histórias lindas, que por sinal se completam.

Não posso deixar de falar de um detalhe muito importante: que família é essa de Caju? Os homens dessa família vão acabar com meu emocional, haha. Carlos e Caio são perfeitos, que irmãos... não sei dizer quem é o melhor, rsrs.

Amei saber que eles são irmãos, me apaixonei perdidamente por Caio no livro O safado do 105, meu primeiro livro da Planeta, e agora estou da mesma forma por Carlos (Caju). Fico aqui pensando o que esses homens tem para nos mostrarem como a força do amor é capaz de mudar pessoas com um passado nada bom.

Assim como o livro O Safado do 105, esse também me deixou apaixonada.

Mila, você é fera, arrasou, esse livro tem uma combinação perfeita entre o erótico e a comédia! Conseguimos nos encantar pelos personagens e pela história. 


Citações importantes



“A um certo modo de olhar, a um jeito de dar a mão, nós nos reconhecemos e a isto chamamos de amor.”

“Não há nada que eu não faça por você (...), você é a parte de mim que vale a pena.”

“Cada pessoa reage à dor de uma forma diferente.”

“É incrível as reflexões mais profundas surgem apenas à noite, quando colocamos a cabeça no travesseiro e ponderamos sobre todos os problemas, as decepções, as expectativas e tudo o que, geralmente, nos traz o sono.”

“(...) Lar é onde nosso coração está (....).”

“Não quero mais me expressar, por palavras: quero por beijo-te.”

“Que às vezes o beijo pode ser uma maneira perfeita de se expressar. Uma maneira que dispensa qualquer palavra.”
Comentários
5 Comentários

5 comentários:

  1. Gosto mt de livros eróticos. Já quero ler esse. Essa autora é muito falada também.
    Ótima resenha :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se gosta de livros eróticos, esse é o seu! Hahahaha.
      Obrigada pela visita!

      Excluir
  2. Eu não gosto de livros assim, mas já li tanto sobre esse primeiro livro da autora que até me interessei. Quem sabe um dia, NÉ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que pena. Mas tente dar uma chance, afinal a gente só sabe se gosta mesmo depois de começar a ler.
      Obrigada pela visita.
      Beijos,
      Sâm.

      Excluir
  3. Eu adoro um romance hot. rsrsrs
    esse tá na lista.

    ResponderExcluir

E você, o que achou do post? Me conte aqui nos comentários!
Deixe seu link para eu conhecer seu blog também. ;)