Amor,

Medo do amanhã

junho 08, 2018 Sâmela Faria 0 Comments

Sinto medo do amanhã
não por fraqueza
Sinto medo do que virá
alegria ou tristeza?

Sinto saudade de quem se foi
mas, no fundo, ficou por aqui
Sinto vontade de abraçar
e procurar por aí

Quanto tempo ainda falta?
Quantos dias ainda temos?
O relógio diz tic-tac correndo
mas nós pedimos silêncio

O vento continua indo
O tempo também
As horas passam ligeiro
carregam o mundo inteiro

Sinto medo do amanhã
Como se ele ainda viesse
E como se tivesse desistido de vir
mas sei que é incerto
o que provavelmente virá por aí

Você está sentindo isso?
frio na barriga ou erupção?
Sinto medo de que nada venha
da mesma forma que pressinto
turbulências no coração

Que o amanhã possa chegar
e traga esperança para nosso lar
Que esquente nossa frieza
e aniquile nossa tristeza

Que os olhos possam sorrir
Que os sorrisos possam sentir
Que a vida corre, corre
Sem tempo para avisar
que está para partir.

0 Recados:

E você, o achou do post? Me conte aqui nos comentários!
Deixe seu link para eu conhecer seu blog também. ;)