Melodramas,

#Proseando: Como anda a vida do lado de cá e coisa e tal

abril 22, 2018 Sâmela Faria 4 Comments



Oi, gente! Estou criando um novo “quadro” aqui, o Proseando. Mas por quê? Simplesmente porque senti vontade de conversar sobre outras coisas também, não só sobre livros e textos. Vou começar essa série – que espero poder manter – proseando sobre como anda a vida do lado de cá.

Como podem ter percebido, ando sumida. Sabe, quando eu criei o blog foi por puro amor à escrita. Eu queria apenas desabafar tudo o que sentia em palavras. Então vieram os livros, as resenhas e tudo mais. Depois de um tempo, pessoas começaram a aparecer me dizendo que gostaram de me ler, então eu passei a querer que mais gente visse, que mais gente me lesse. Foi quando decidi expandir esse negócio aqui, sabe? Mas nem sempre as coisas saem como a gente espera.

Criei a página do blog para divulgar os textos, da mesma forma que fiz com o instagram. No entanto, só quem tem um blog sabe o trabalho danado que dá manter tudo funcionando em perfeita sincronia – o que já não tenho dado conta mais. Acontece que a gente quer tanto chegar em um certo lugar que acaba esquecendo que a vida fora da tela também precisa andar. É por isso que esse post que você está lendo foi escrito. Eu preciso dizer que as duas coisas, o blog e a vida, não estão andando em sincronia para mim.

Do lado de cá, a vida tem dado passos curtos, mas tem dado. Passei por oito meses de escassez de mim mesma, fiquei muito estagnada porque não havia conseguido o que queria logo assim que me graduei na universidade. Passados esses meses, depois de ter acordado pra vida, me dediquei novamente aos estudos – algo que tanto amo, é um hobby meu também. Hoje, a vida aqui está assim: estou terminando minha pós-graduação de especialização, comecei esse mês o mestrado que tanto queria, com a orientadora que tanto queria e no lugar que tanto queria. Além disso, estou me dedicando muito para passar em um concurso local daqui para começar a exercer minha formação, que tanto amo.

Tá fácil? Jamais.

No entanto, estou aqui tentando porque a gente só consegue se não desistir, não é?

No meio de tudo isso, ando querendo me mudar faz tempo. Sabe quando a gente tem vinte e poucos e quer “dar um rumo” pra vida? É o que quero. Vou morrer de saudade do meu quartinho, que meu pai construiu com tanto trabalho e esforço. Vou morrer de saudade de mamãe e papai. De comidinha boa. De colo e amor quentinho. Da família que, hoje, quase nem me deixa estudar em paz por ser tão bagunceira – sei que vou sentir falta de tudo isso. Só que a vida anda e a gente precisa acompanhar pra não se perder pelo caminho.

E ainda tem o Blog, o Instagram, a página no Facebook no meio de todo esse caos. Ah, e claro, ainda tem o livro que comecei a publicar no Wattpad e que preciso terminar... Fora os outros cinco que já comecei a rascunhar, mas que ficaram assim mesmo: inacabados.

E eu odeio coisas inacabadas...
Eu não quero ter que escolher entre viver os dias do lado de cá e viver os dias do lado daí, de onde você me lê por essa tela. Eu quero os dois porque os dois me tornam quem sou. Vou continuar tentando prosseguir por esse caminho tumultuoso carregando tudo o que eu conseguir carregar até que a vida se aquiete. Até que eu possa suspirar em um dia de domingo, com um caneca de chocolate quente, sentar e escrever mais e mais aqui. Se não desistirem de mim, não desistirei de vocês – leia-se blog, instagram, facebook.

Posso contar com vocês?

Tudo o que preciso é de tempo, mas ele insiste em não me dar uma folga. Mas a vida vai se acertando no meio de todo corredor lotado, em meio ao caminho incerto e com toda insegurança de dar os próximos passos. Os passos eu estou dando, mesmo que por um caminho duvidoso, espero poder chegar lá o quanto antes, mas, enquanto isso, vou vivendo a vida me permitindo viver. Do jeitinho que eu conseguir, dando o meu melhor para não ter que deixar pelo caminho coisas que eu não gostaria de perder.  

Às vezes a gente precisa fazer sacrifícios, não é?


Estou me esforçando.

A força que vem de dentro consegue transformar o que está do lado de fora.

Se vocês gostaram desse papinho amigo, deixem aqui nos comentários sobre o que querem conversar e vamos prosear!

4 comentários:

  1. Adorei o novo estilo de post!

    Tem sorteio novo la no blog, te convido a participar! http://www.cobaiaamiga.com/2018/03/resumo-da-semana-sorteio-makes.html

    ResponderExcluir
  2. Que show isso aqui, gostei, e não desisti da gente não rsrs eu sempre que me sobra um tempo passo aqui, escrever é um dom pra poucos e temos que aproveitar, mas também temos que viver, boa sorte que voce encontre o equilíbrio sempre. bjss
    http://claugoliver.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cláudia!
      Eu sei que sempre está por aqui e sou grata por isso. Espero realmente conseguir administrar meu tempo e não abandonar o blog, estou tentando.
      Obrigada, lindona!
      Volte sempre.
      Abs,
      Sâm

      Excluir

E você, o achou do post? Me conte aqui nos comentários!
Deixe seu link para eu conhecer seu blog também. ;)