Primeiro livro: Entre Casos e Acasos #1 - Sâmela Faria


Oi, gente! Tudo nos conformes por aí? Espero que sim!
Hoje vim divulgar uma novidade muito importante. Há três anos, comecei a escrever uma história qualquer em um pedaço de papel qualquer, num dia qualquer, sem nenhuma pretensão. Após algum tempo, aquela história não saía da minha cabeça, cada vez crescia mais, cada vez ia colecionando mais detalhes. Fui anotando tudo que me vinha à mente e só depois de um bom tempo que comecei a colocar no papel de novo. Depois disso, parei de escrever por causa dessa corrida maluca que chamamos de vida. Terminei minha graduação com ideia de começar a escrever de novo, mas logo após, comecei minha pós-graduação, ficando sem tempo de novo.
Dias desses, eu lembrei dessa história novamente e fiquei com saudade dos personagens que sequer tinham uma vida. Comecei a ler tudo o que a história já tinha e fui mudando várias pequenas coisas, dando mais consistência àquilo que um dia me tirou o sono numa madrugada qualquer. A vida continua corrida por aqui, ainda não terminei minha pós-graduação e estou entrando no Mestrado ainda esse mês, maluca, não? Embora tudo isso esteja em jogo, eu decidi voltar a escrever pelas madrugadas. Por enquanto, estou revisando os capítulos que já tenho (já tenho quase vinte) e publicando no Wattpad.
Não se trata de uma história que vai mudar sua vida, talvez sim, talvez não. Mas é uma história que insistiu muito para ser escrita, estou apenas colocando para fora o que já não mais cabe aqui dentro.  
Esse livro faz parte da trilogia Destinados (sim, já tenho as outras histórias prontas para serem escritas), com capa e tudo mais. Hahaha.
Me ajuda a segurar essa barra?
Você pode ler gratuitamente (por enquanto) no Wattpad. Compartilhar, comentar, dar opiniões... Eu preciso mesmo é de todo apoio possível!
Vamos conhecer mais um pouquinho disso tudo que me tirou o sono várias vezes?

SINOPSE:
Às vezes a vida nos faz acreditar em algo inacreditável para, enfim, encontrar a felicidade.
Dois jovens são unidos pelo destino. Um vê a vida mais bela através das palavras, o outro embeleza a vida através das lentes de uma câmera. Costumam dizer por aí que quando um não quer, dois não se beijam, mas e se estiverem apenas tentando não querer? Encontrar o amor pode ser uma busca incansável, ainda mais quando você o percebe através de uma história muito mal contada.
Henrique encontra Helena na cafeteria em um dia onde ela está aos prantos e muito sensível, só que, desde então, o destino não para de unir seus passos. Como se não bastassem suas desavenças, Henrique descobre que sua mais nova conhecida guarda a foto de alguém que ele conhece muito bem a sete chaves e vai fazer de tudo para descobrir que relação ela tem com aquele maldito.
Henrique já sofrera muito com um passado que nunca passou de verdade. Helena já cometeu vários erros na vida e está disposta a não cometer novamente. Qual a possibilidade de o caminho totalmente desconhecido de um cruzar com o do outro e, no final, os dois descobrirem que há algo que os unia desde o começo? E como será que eles irão reagir após perceberem que o quebra-cabeça de suas vidas jamais poderia ser montado sem aquelas peças? Agora tudo faz sentido. E, no fundo, ainda é impossível compreender.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E você, o achou do post? Me conte aqui nos comentários!
Deixe seu link para eu conhecer seu blog também. ;)

Nosso instagram!