Conheça nossa página

Aqueles olhos



Imagem via Pixabay

- Sonhei com você esta  noite.
- Foi bom? 
- Bom? Foi Maravilhoso.
- Então vale a pena tornar o sonho real. 
Assim, aqueles olhos verdes  se perdiam naqueles olhos marrons  cor de mel, e em silêncio, confidenciavam segredos insanos.
Havia ali um mistério que não sabia explicar... Quando os olhos se cruzavam era como se acendesse uma chama no peito, era mais que um lance de pele, era uma sintonia sem tradução.
- Não dá pra resistir mais .
- Então não resista . 
- Fecha a porta. 
- E depois? 
- A gente vê o que faz. 
- Por que me beijou? 
- Você não gostou? 
- Faz de novo pra eu ter certeza.
E os olhos brilhavam, os hormônios saltavam na pele e o coração batia descompassado... A voz até sumia, trêmula, ecoava agonia, mordia os lábios e balbuciava excitação...   
- Você tem certeza? 
- Não. Mas quero assim mesmo. 
- Você é incrível. 
-Obrigada, você também é. 
-Você me AMA? 
- Amo o teu sorriso, um encanto.
- Eu amo os teus olhos, me fascinam. 
E se olhavam tão profundo que enxergavam  além da eternidade... 
Paixão ardente, sensações  surreais, que até parecia que tinha uma fábrica de desejos dentro deles. 
 E então abriram os olhos e ainda era sonho...
Um sonho perdido, e  só aqueles olhos sabiam contar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E aí? O que achou do post? Gostou? Tem alguma crítica construtiva ou dica? Deixe nos comentários! Lemos e respondemos a todos! Ah e deixe o link do seu blog para que possamos te conhecer melhor. Obrigada pela visita e volte sempre.

© Escrituras da Alma - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
Modificado por: Sâmela Faria | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo