Conheça nossa página

Você passou como brisa


A brisa dessa tarde só serviu para me lembrar seu cheiro. Só me fez pensar que você não está aqui, ou melhor, que eu não te quis aqui. É um sentimento tão confuso que se passa pela minha cabeça que, às vezes, não consigo explicar. Não sei se podemos chamar de saudade ou arrependimento. A única coisa que sei é que para todos os lados que olho não te encontro mais. Em todas as pessoas que te procuro, sempre me arrependo, pois ninguém é comparado a você.

Houve aquele momento em que eu escolhi não te ter por aqui, mas isso aconteceu pelo simples fato de eu não estar completa para poder te amar por inteiro. Hoje o tempo já passou bastante e sinto que eu realmente te perdi. Eu não fui capaz de te receber quando estava pela metade e, agora que estou inteira, você já faz morada em outro lugar.

Que tipo de pessoa eu fui, incapaz de te querer? Realmente uma boba que não sabia o seu devido valor, até te perder. Agora estou aqui sentada num banco de praça, olhando as maravilhas da natureza e me pego questionando o por que de as coisas terem tomado rumos diferentes para nós dois. Será que poderia ter sido diferente?


Não entendo o motivo pelo qual você não foi capaz de me completar. Ou melhor, me preencher. A única coisa que me questiono é se não fui boa ao ponto de alguém maravilhoso como você ter podido, simplesmente, me esperar e tentar me compreender. Mas a vida segue, não é mesmo?

Se na natureza tudo é tão perfeito, como não cansamos de ver, por que motivo os sentimentos também não podem ser? Adoro o cheiro das flores, os cantos dos pássaros, essa sensação de calor vinda do sol que nos ilumina. Por que toda essa sensação não está presente hoje nos meus sentimentos? Tantas perguntas que acabo me fazendo e para quase nenhuma obtenho resposta, pois o amor é um sentimento com altos e baixos e, por incrível que pareça, quando tive os meus altos não estava preparada. De lá pra cá só sobraram os baixos. E é esse sentimento que me domina e me faz não saber o rumo a qual seguir.

No momento em que eu estava quebrada, talvez fosse o momento em que eu devesse ter procurado me colar. E seguir com alguém que poderia ter me amado como realmente sou e esperado minhas rachaduras se curarem para, então, me transbordar. Mas, então, foi o momento em que resolvi me fechar e deixar você partir. Hoje minha vida não é mais a mesma sabendo que você faz morada na vida de outra pessoa, a mesma brisa que te trouxe, te levou para longe de mim.

✎ ✏ ✐✎ ✏ ✐✎ ✏ ✐✎ ✏ ✐✎ ✏ ✐✎ ✏ ✐✎ ✏ ✐✎ ✏ ✐✎ ✏ ✐✎


#Interação:

Conta pra gente, você já teve alguém que passou como brisa em sua vida? Foi bom ou ruim? Dica: pode comentar anonimamente se preferir. Hehe.

Ah, não esqueça de compartilhar o post para que ele alcance mais pessoas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E aí? O que achou do post? Gostou? Tem alguma crítica construtiva ou dica? Deixe nos comentários! Lemos e respondemos a todos! Ah e deixe o link do seu blog para que possamos te conhecer melhor. Obrigada pela visita e volte sempre.

© Escrituras da Alma - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
Modificado por: Sâmela Faria | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo