Conheça nossa página

Vem comigo esta noite?



Vem comigo, tenho umas histórias pra lhe contar esta noite. Mas, cê sabe, tem que ser esta noite, nós não temos todo tempo do mundo, não é mesmo? As estrelas estão aí, mas logo se vão e com elas vai a noite. A noite que me trouxe você, a noite que me fez sentir seu cheiro pós-banho, sem nenhum outro tipo de perfume. Você sabe, amo o cheiro que sua pele produz, essa sua pele que tanto me seduz. Gosto das gotas d’águas que encharcam seu abdômen me fazendo imaginar cenas e idealizar sonhos sedutores contigo. E suas curvas perfeitas? Não sei qual caminho sigo.
Vem comigo que eu te faço esquecer que o dia foi cansativo, te faço ver proveito onde parecia não existir nada além de uma normalidade da vida. Vem que eu te faço gargalhar de amor, sorrir de arrepios e chorar de prazer. Te faço sentir o frio na barriga como a sensação de estar descendo rápido em uma roda gigante. Posso não te fazer encontrar o X da questão, mas te farei encontrar sintonia em um ritmo singelo, enlouquecedor e único. Porque somos como a tempestade que se acalma depois de longas e longas reviravoltas. A diferença é que nos acalmamos um no braço do outro.  
Vem, doce. Vem que eu te faço sentir mel onde parecer amargo. Vem que eu te mostro como é feroz viver ao seu lado. Porque, te olhando assim de longe, até posso afirmar que adoro seu jeito de andar. Adoro o jeito como passa a mão por entre seus fios da cabeça molhados de suor e suspira, respira fundo e pede um tempinho pra pegar novo fôlego. Isso sem dizer uma só palavra, porque seu olhar te revela a cada segundo e só você não percebe. Eu sei dos seus segredos mais sacanas e você, docinho, não consegue nem imaginar que eu percebo quando seus poros se arrepiam com um simples beijo no pescoço. Porque eu percebo tudo. Tudinho. Desde sua vontade louca de me jogar contra parede a qualquer hora, até sua fome por mim com aquele vestidinho.
Vem cá. Tô aqui, insaciável, esperando apenas você entrar por aquela porta, pela janela, pelos fundos... Desejo te devorar lentamente como se não houvesse mais segundas e terças chatas em um serviço filho da puta, com um chefe mais filho da puta ainda. Vem sem medo. Vem que eu te quero. Faz-me esquecer seus mistérios. Não tem jogo aqui. É só me olhar com esses lábios prontos para me massacrar em um único beijo. Chega mais, quero esquecer que os dias são o que são. Quero te ter a noite inteira, sentir você bem junto de mim, colados em nossos desejos carnais, juntos em um único ritmo de suspiro e acordar amanhã a qualquer hora do dia e perceber que da cama, viemos parar no chão. 
 Sâmela Faria 
Insta: @samela_faria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E aí? O que achou do post? Gostou? Tem alguma crítica construtiva ou dica? Deixe nos comentários! Lemos e respondemos a todos! Ah e deixe o link do seu blog para que possamos te conhecer melhor. Obrigada pela visita e volte sempre.

© Escrituras da Alma - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
Modificado por: Sâmela Faria | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo