Conheça nossa página

Astuto e Sagaz

Seja mais discreto garoto. Deixa de frescuras com essas suas roupas acompanhadas sempre com algum moletom bizarro, vai. Sai... não me toca. Fica na sua por alguns minutos, por favor? Você é do tipo selvagem e cauteloso. Observador barato e sem o menor juízo encubado. O caçador de traumas para por no colo e acariciar. Sorrisinho de canto e longos abraços para doar. Pensa que engana. Mas não perde a mesma manha. Amostrado um tanto quanto companheiro. Se exibindo nesse corpo esculpido. Torturando olhares para suas melhores curvas e recebendo elogios. Tímido e doentiamente conquistador. Safado. Safado. E safado. Mas nada que possa ser demonstrador. Rodopia e cai no desejo de quem não se vacina contra suas fibras firmes de ganhar mais um coração. Ah, e por falar em coração, onde foi que guardou o seu?

Vai com calma, menino bobo. Não vem achando que comigo pode. Até pode, mas quando eu permitir poder, entendeu? Conheço bem suas formas de conquistas e piscadas de olhos quando se menos espera. Nada de giros contra paredes e para de segurar minhas mãos. Solta meu quadril seu inconstante de alucinações. Não morde. Não pega. Apenas fique quieto, para que eu possa te olhar e decifrar suas falhas. Há um pouco de olhar nesse seu desejo todo. Pobre faminto por amor e nem percebe. Não basta apenas querer assassinar carícias. Parece que não está bastando para você, não é mesmo? Não precisa de pouco mais de cinco minutos ao seu lado para notar o vazio entre seus dentes mal estampados com um sorriso malicioso. 

Deixa-me cuidar de você? Não quero ser parte de mais um desejo louco teu. Mesmo que eu não seja sua e que você não seja meu. Deixa-me apenas ouvir você falar sobre mim por aí? Quero seu tipo astuto e sagaz por quantas noites forem. Seu tipinho já se encadeou a me trazer paz. Já se limitou a me desejar também. Sei que não sabe o que faz quando quer apenas pisotear corações lá fora. Ainda não parou para ver que o mundo pode te oferecer muito mais. Larga de machismo, seja meu menino e deixa de ser tolo, rapaz. 

10 comentários:

  1. Haha, amei demais o seu texto.

    Espero a tua visitinha!
    http://extremamente-feminina.blogspot.com.br/2014/08/dicas-para-economizar-agua-em-casa.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Alana!!
      Visitarei sim.
      Volte sempre!
      Beijos

      Excluir
  2. Oiii!!! Adorei!!!! Que legal conhecer mais gente que escreve. Vc tem talento garota (palavras de uma escritora). Beijoooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Obrigada gih, fico feliz por isso!!
      Volte sempre viu?!
      Beijos

      Excluir
  3. Uau, como escreve bem, és de um talento e tanto!
    O legal do texto é que criamos uma cena enquanto lemos, adorei, adorei!!
    Beijos <3

    http://blogvermelhovintage.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, muito obrigada mesmo! Adoro o blog de vocês!! ♡
      Volte sempre viu?!
      Beijos

      Excluir
  4. Adorei teu texto Sâmela!! Escreve demais!
    Adorei teu blog, to seguindo, sucesso! Te espero lá no meu, bjs!

    http://www.aqueladosviinte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Diane! Que bom que gostou.
      Seja bem vinda!
      Volte sempre.
      Beijos

      Excluir
  5. Oi Sâmela! Tudo bom? Posso comentar sobre seu blog primeiro? Olha, é a minha primeira vez aqui, e tudo me encantou! Já vi vários dos seus textos aqui, e gostei, particularmente, do "escrevinhando" Pois, sei lá, transmite uma coisa que estou tentando esconder em mim! Eu sempre gostei de escrever, mas me limitei ao blog para falar sobre outras coisas, e estou sentindo bastante falta da leitura na minha vida! Aí cá estou eu escrevendo este comentário, e me contendo ao choro, pois ao fundo, ainda passa essa música linda Yiruma :(
    Deixa eu parar com o meu drama e falar sobre sua postagem! Eu gostei muito do seu texto, assim como eu gostei bastante dos outros textos do seu blog! Acho que as pessoas estão esquecendo essa essência. Esse texto me fez lembrar do meu noivo, em algumas partes! Ah, que saudade :( Meus sinceros Parabéns! Que seu gosto pela escrita, nunca acabe! Espero vir aqui outras vezes para apreciar seus textos! :)

    www.pequenamenina31.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Nossa, eu tô realmente sem palavras Patrícia!
    Volte a escrever, eu não me consigo imaginar sem ela em minha vida.
    Muito obrigada linda, fico muito feliz em encontrar pessoas como você que gostam do que escrevo!
    Volte sim, volte sempre!
    Beijos

    ResponderExcluir

E aí? O que achou do post? Gostou? Tem alguma crítica construtiva ou dica? Deixe nos comentários! Lemos e respondemos a todos! Ah e deixe o link do seu blog para que possamos te conhecer melhor. Obrigada pela visita e volte sempre.

© Escrituras da Alma - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
Modificado por: Sâmela Faria | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo