#Resenha: O tempo entre costuras - María Dueñas

by - janeiro 14, 2020


Título: O tempo entre costuras
Autora: María Dueñas
Editora: Planeta de livros
Ano de publicação: 2017
Páginas: 473


História

Sira é uma jovem que larga tudo em sua cidade, até mesmo seu noivo, para ir atrás de um novo amor. Com Ramiro, Sira vai para o Marrocos e vive dias dos quais gostaria de esquecer.
É ali que ela sofre um tremendo golpe de seu amado e é deixada para trás, sem dinheiro e com uma enorme dívida no hotel em que se hospedaram. Antes de Sira ir para o Marrocos, havia recebido uma herança de seu pai e foi justamente esse dinheiro que Ramiro lhe roubou até o último centavo.
Sua condição de vida vira de cabeça para baixo, perdida, sem ninguém e no meio de uma guerra, Sira está fadada ao desespero, mas não pode voltar para casa. Escoltada e vigiada pela polícia, ela terá que ficar na pensão de uma estranha, mas que será sua mais nova amiga.
E é justamente com a ajuda dessa amiga antiquada que Sira irá se reerguer e começar a construir seu nome e seu negócio, mas também irá escolher trilhar caminhos perigosos e muito, muito difíceis de manter. Até que ponto você iria por um bem maior?




Opinião


O livro tem uma escrita extremamente detalhada e é esplêndido poder nos sentir parte da história, pois temos todo o entorno da trama sendo descrita. E isso é uma coisa maravilhosa, mas também é uma coisa ruim quando foge do controle.
Não é o primeiro livro da autora que leio e que segue a mesma vibe. Destino La Templanza vai no mesmo ritmo e, por vezes, quis desistir de ler, assim como aconteceu em O tempo entre costuras.
O livro tem uma história muito boa e muito bem construída, tanto que parece real. Conta com personagens muito bem caracterizados e que fazem toda diferença na trama. Você pode dizer que conhece cada um deles muito bem.
No entanto, para mim, o livro foi extremamente cansativo, com detalhes quase bobos sendo descritos e contados e com cenas que nem sequer fizeram “cosquinha” na história. Nesse sentido, para mim, o livro poderia ser diminuído pela metade.
Não posso negar a importância que a história carrega, com uma mulher, em plenos anos de 1930 tendo um papel muito importante e se destacando por seu serviço como costureira. É, de fato, uma história triste, emocionante e importante, porém poderia ter sido bem mais focada no ápice da trama do que com momentos frívolos.  


Conclusão

O tempo entre costuras é um livro muito bom, tanto que ganhou adaptação cinematográfica e virou série. No entanto, caso tivesse sido mais focado no objetivo da trama teria sido muito melhor, teria sido perfeito.
É uma história que merece toda conquista e que te prende muito bem até, mas que deixa a desejar com tantas cenas com pouca importância e que recebem muita atenção nos detalhes, tornando a leitura cansativa e desinteressante por vezes.
Eu gostei do livro, mas queria ter amado. Foi um parto essa leitura e, por fim, o final não agradou tanto quanto esperava. Mas é uma história muito boa e que merece ser lida por quem tiver curiosidade (e paciência, claro).
Recomendo, apesar de tudo!

Hei! Acho que você vai gostar disso também:

0 Recados

E você, o que achou do post? Me conte aqui nos comentários!
Deixe seu link para eu conhecer seu blog também. ;)

Últimos vídeos:

Textos para sua alma