+18,

#Resenha: Eu, Submissa – Jodi Ellen Malpas

junho 10, 2019 Ana Paula Mota 0 Comments





           Título: Eu, Submissa
Autora: Jodi Ellen Malpas
Editora: Planeta de Livros (selo Essência)
Páginas: 472 páginas
Ano de publicação: 2014
Onde comprar: Amazon


"Quero você aqui quando eu for dormir. E quero você aqui quando eu acordar. Começar e terminar o dia com você é tudo de que eu preciso."

A História            
Nessa livro vemos a continuidade da história de Ava e Jesse. Ele se mostrando cada dia mais dominador e Ava sendo sua submissa.  A obsessão que Jesse tem por Ava se torna a ser tão intensa que chega a beira da loucura. Ele é completamente louco por ela e deixa isso bem claro sempre que pode. Ele sente como se Ava fosse tudo pra ele, como se fosse até mais importante que sua própria vida. Ele sempre foi um homem que não tinha com o que se preocupar, então só sabia “aproveitar” das mulheres com muito sexo e se entregar a bebidas, seu hotel era seu lugar favorito.
Ava luta muito para não se entregar, mas acaba se vendo em uma situação muito complicada ao ver o homem que ela ama numa situação um pouco difícil.  O que não muda muito é a forma que Jesse leva sua forma de dominar Ava, ele acaba atropelando todos os homens que rodeiam Ava, com medo de perder a mulher que ele mais ama, tudo que pode ser uma ameaça, ele resolve logo tirar do seu caminho.
Jesse Ward traz para nós um misto de sentimentos, pois é um homem apaixonado, carinhoso, atencioso, prestativo e dedicado. Mas ao mesmo tempo completamente louco, complicado, mandão. Podemos ver que esse lado obsessivo dele tem uma razão, ele é torturado internamente e nessa história descobrimos um pouco mais sobre isso.



Capa, escrita e conclusão

O livro é narrado por Ava, em primeira pessoa. Temos um capítulo bônus no final, narrado por Jesse. 
O tamanho da história é super tranquilo e confortável para leitura.
A capa é linda e continua seguindo o padrão das capas da série, mostrando sempre que tem um significado único.
Nesse livro a história foca cada detalhe no casal, mas tem o ponto de vista de Ava. Ela está sofrendo pela briga que teve com Jesse, e ele está totalmente sem controle. Eles passam dias sem saber como está o outro e quando Ava resolve atender um dos pedidos de seus amigos, ela acaba descobrindo outro lado de Jesse, e não gosta nada disso. No entanto, não consegue se afastar, ao mesmo tempo que ela tenta fugir, algo dentro dela grita para ela ficar e cuidar dele.
E como muitas das vezes o amor fala mais alto, dessa vez não foi diferente. Ela está bem mais madura nesse livro e vemos como ela já consegue reconhecer que o que Jesse sente por ela não é normal, chega a ser doentio.
Recomendo muito essa leitura para todas as pessoas que gostam de um drama romântico, com cenas quentes e uma boa dose de humor. É uma narrativa envolvente, viciante que não dá vontade de parar de ler. Quando comecei a leitura fiquei tão envolvida que acabei lendo em três dias, todas as horas disponíveis do dia a dia corrido, acabei me dedicando a essa leitura.

Citações

"Faz cinco dias desde a última vez que vi Jesse Ward. Cinco dias de agonia, vazio e lágrimas."

"Como posso me sentir assim por um homem que conheço faz poucas semanas?" 
“Eu não mereço você, Ava, mas, por algum milagre, você está comigo. E vou proteger você com unhas e dentes, eliminar qualquer ameaça."



      Nota da leitura: 
Comentários
0 Comentários

0 Recados:

E você, o que achou do post? Me conte aqui nos comentários!
Deixe seu link para eu conhecer seu blog também. ;)