Amor,

Uma distância para chamar de obstáculo

julho 25, 2018 Sâmela Faria 2 Comments


https://pixabay.com/pt/m%C3%A3os-amor-casal-juntos-dedos-437968/
O amor adora nos pegar desprevenidos e com a determinação de não amar de novo em alta. Foi assim que conheci você. Você que não é perfeito e é feito de carne e osso como todos os outros que já passaram pela minha vida. Você que não é príncipe encantado, mas que tem um certo encanto. Você que, do nada, se tornou tudo para mim. E acabou sendo impregnado nas paredes do meu quarto, no som daquela música melódica que conhecemos juntos, na brisa dos dias de inverno que tanto veneramos. Nas folhas secas de um outono ou outro que faz questão de avisar que veio para refrescar o clima entre nós.

No entanto, nós tínhamos um problema. Um problema que se tornou a nossa maior fraqueza com o passar dos dias. Havia uma enorme distância entre meus dedos e os seus. Havia uma enorme distância entre seus lábios e os meus. Você não seria aquele que pularia a minha janela em uma madrugada fria. Você não seria aquele que me acordaria com um sorriso tranquilo anunciando o novo dia. Não seria aquele que estaria ali para me contar uma piada fora de hora. É que a gente tinha a hora certa para se encontrar através de uma mísera tela. Se você soubesse o quanto eu quis destroçá-la... Se você soubesse o quanto eu já quis atravessá-la.

Sabe, eu queria sentir você além das palavras. Além daquele olhar de desespero em busca de um simples abraço. Eu precisava te sentir, tocar seu rosto, sentir o gosto da sua boca. Saber quem era você de verdade, no mundo real, esse mesmo mundo onde as pessoas se permitem amar umas as outras. Se conhecem e fazem planos para os próximos dias. Eu queria ver você, frente a frente, cara a cara, e poder dizer o quanto você já havia salvado meus dias. O quanto eu tinha chorado a madrugada toda, e você, em apenas alguns segundos através de quilômetros de distância, me fez sorrir novamente.

Tínhamos tudo para dar certo: amizade, companheirismo, sinceridade... Tínhamos um carinho fora do normal e um sentimento vivo, queimando dentro do peito. Mas não tínhamos o que muitos casais têm: as possibilidades de se encontrarem. Por tantas vezes esperei você ligar, parei meu mundo aqui fora, só pra te ver  nesse mundinho irreal que nós dois criamos. Era lindo, era virtuoso, mas foi injustiçado pela vida. Você não percorria os mesmos caminhos que eu e, só de pensar que jamais poderia percorrê-los, já sentia o amargo sufocar o pobre do meu coração esperançoso. Você se tornou o meu maior sonho e pior pesadelo simultaneamente. Eu te queria, desejava, sentia, mas não te tocava. Mas nós conseguíamos o que muitos casais não conseguiam estando pertinho: fazíamos vibrar o coração um do outro.

A vida é feita de instantes, e instantes são processados pelo tempo que passa rápido demais. Guardei você dentro de mim com todas os instantes que tivemos, e mesmo que nunca tenhamos nos visto bem de perto, pude sentir toda aquela nossa profundeza um pelo outro. E atravessou telas, chegou em meu coração e eternizou o toque das suas mãos que me ganharam sem sequer terem me tocado.

 Eu guardei todos os seus beijos, pois eles ultrapassaram as barreiras do tempo e se eternizaram dentro de nós sem que você tenha encostado em meus lábios, é que chegaram diretamente ao coração.

2 comentários:

  1. Uauuu que texto lindo, cheio de sentimentos, e realmente só quem já viveu um amor virtual assim sabe a importância de ter a pessoa amada por perto, quando da pra se encontrar da muito mais valor em cada segundo junto, e mesmo se não se viram pessoalmente não diminui um sentimento quando é puro e verdadeiro, distancia?! Ah é apenas números pra corações que são ligados espiritualmente. Amei o texto parabéns lindona.
    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Claudia!
      Fico mega feliz que tenha gostado. E penso o mesmo, a distância vai atrapalhar muitas vezes sim, mas sempre há um jeito das coisas mais sem jeito se ajeitarem.
      Obrigada pela visita e volte sempre!
      Super beijo,
      Sâm

      Excluir

E você, o achou do post? Me conte aqui nos comentários!
Deixe seu link para eu conhecer seu blog também. ;)