Livros,

#Resenha: Sempre faço tudo errado quando estou feliz – Raquel Segal

março 22, 2018 Ana Paula Mota 0 Comments

Título: Sempre Faço Tudo Errado Quando Estou Feliz

Autor: Raquel Segal (Criadora do Aquele Eita)

Páginas:  160 páginas

Onde comprar: Amazon / Saraiva

“Não são as vitórias que nos fazem aprender. São as derrotas que nos ajudam a crescer.”

Sobre o livro


O livro Sempre Faço Tudo errado Quando Estou Feliz é composto por várias tirinhas motivacionais, onde Raquel Segal é a criadora de todas as frases e ilustrações mostradas de uma forma encantadora em cada página. Essas tirinhas são compostas por sentimentos como amor, tristeza, decepção, medos, sonhos, expectativas e muitos outros sentimentos que acabamos sentindo no nosso dia a dia e quando acabamos nos deparando com situações nada fáceis.

Apesar da autora ser bem conhecida na sua página do Facebook, Aquele Eita, eu acabei conhecendo-a através desse livro. No começo, achei muito fofo, mas que estava com um pouco de medo de ler, pelo fato de nunca ter lido ou até mesmo resenhado um livro assim, tão único, diferente e muito especial; um livro que sabe nos cativar desde o começo.

Quando comecei a ler, parecia que eu mesma estava escrevendo; todos os sentimentos ali presentes se passaram dentro de mim e me mostraram que eu não estou só. Alguém aí fora, nesse mundão, também sente o que eu estou sentindo.

 E no decorrer de uma hora de leitura, me apaixonei por cada frase e ilustração que acabam dando certo sentido para alguns pensamentos que temos. Não é que o livro tenha respostas prontas, mas o referido nos faz pensar em como estamos lidando e enxergando cada situação. 

As cores escolhidas pela autora são perfeitas; o amarelo e o preto são cores que nos deixam em alerta, e acabamos nos focando ainda mais no que estamos lendo. Essa diagramação nos faz ver que tudo que está escrito e desenhado é feito de uma forma tão simples, mas que acaba nos encantando e nos fazendo pensar sobre sentimentos e sobre viver emoções que talvez nem pensamos que poderíamos.

O que muito gostei, tanto no livro quanto na autora, é que ela/ele em todos os momentos está sempre motivando o nosso eu, nos propiciando a certeza de ser cada dia mais felizes, a saber valorizar quem nós somos e aos outros de formas totalmente diferentes.

O livro nos mostra que sempre há uma saída para qualquer problema, que se abater é uma atitude que pode te fazer não pensar sobre qual melhor caminho a seguir. Mostra que todos passamos por essas situações e que nós não somos os primeiros e nem seremos os últimos. Mostra o quanto nossos sentimentos não são só nossos, são de todos, pois não estamos sozinhos nessa.

Citações favoritas


“Não limite seus sonhos”.
“Assim como no Poker, eu decidi apostar todas as minhas fichas na gente... Mesmo sem saber se iria dar certo ou não.”
“Em algumas situações é preciso ser racional e não emocional. Quando fazemos isso, às vezes notamos detalhes que antes eram invisíveis aos nossos olhos apaixonados.”
“Faça sua própria sorte.”

Nota:

0 Recados:

E você, o achou do post? Me conte aqui nos comentários!
Deixe seu link para eu conhecer seu blog também. ;)