Conheça nossa página

#Resenha: Rock Star – S. C. Stephens


Título: Rock Star
Autor: S. C. Stephens
Páginas: 512 páginas
Editora: Valentina
Ano de Publicação: 2016
Onde Comprar: Saraiva / Amazon / Ed. Valentina
A História
Kellan é demais, um homem super intenso, corajoso e bem mais complicado do que conseguimos pensar. Ele sofreu muito na infância e mesmo assim fez de tudo para ser o melhor, mesmo não sendo valorizado por ninguém. Sempre sozinho, ele se encantou pela música e foi o que o salvou, pois sua maior dedicação era com seus companheiros e amigos de banda, suas músicas e vários encontros em troca de satisfação momentânea; ele achava que o sexo poderia preencher um grande vazio que ele ainda sentia dentro de si. Então conheceu uma pessoa pela qual ele nunca deveria sentir nada. Ela é uma mulher diferente de todas as outras que passou por sua vida, ela é atenciosa, educada, doce e dona de um sorriso e um olhar irresistíveis, mas também é alguém que ele precisa respeitar muito, pois envolve outro alguém nessa história, um alguém que ele deve muito e é muito importante em sua vida: seu grande amigo.
Esse encontro entre Kellan e Kiera fez com que alguma coisa mudasse em suas vidas, e essa mudança afetou a vida de muitas pessoas. Que mudanças foram essas? Será que está rolando algo entre Kellan e Kiera? Quem poderá ser essa terceira pessoa?
Perguntas como essas, feitas por todos nós no primeiro momento, serão respondidas de uma forma bem detalhada nesse livro incrível.

Personagens Principais
Kellan tem o apelido de Kell. Ele toca violão desde seus seis anos de idade e sempre foi apaixonado por esse instrumento, teve uma infância bem complicada, e a música foi sua salvação. No momento, ele faz parte da banda D-Bags, mas já fez parte de várias outras. Nasceu através de uma gravidez acidental, e, com isso, seus pais o tratam com pouco carinho e atenção. Foi com o objetivo de não ter muito tempo para o filho que seus pais deram a ele esse instrumento, e, com todo o tempo de sobra, ele acabou aprendendo a tocar sozinho. Sua estrutura não é nem tão magra e nem tão musculosa, está entre esses termos. É o único da banda que não possui tatuagens pelo corpo. Nunca soube selecionar as mulheres com quem ia passar a noite, por ele poderia ser qualquer uma, era preciso apenas estarem bem a fim. Sempre malhou muito, então seu corpo é perfeitamente lindo, todo bem sarado e bem definido. Além de ser um playboy e estrela de rock, Kell é um homem que sofreu muita rejeição na vida, o que fez com que ele se tornasse uma pessoa fria e fechada. A música é a única coisa que consegue fazer com que ele se sinta melhor.
Kiera tem cabelos castanhos ondulados, dona de um corpo lindo e super atraente; é magra e alta como se fosse uma corredora. É uma mulher que consegue conquistar qualquer um com um simples olhar, pois o mesmo consegue revelar completamente tudo. Ela tem lindos olhos cor de mel que muda sempre de acordo com a luz. Seus lábios são belíssimos, cheios e com uma curva lateral que parece um sorriso perfeito. É super gentil, doce e se envergonha com facilidade, sempre parecendo super tímida, inocente e ingênua. No entanto, ela também tem um lado sedutora e brincalhona.
Personagens Secundários
Nessa história os personagens secundários são os amigos e parceiros de Kiera e Kellan. Evan Wilder é o fundador da banda D-Bags junto com Kellan; tem olhos castanhos e cabelos de um tom escuro cortados bem curto. É o mais “cheinho” da banda, mas mesmo sendo volumoso, como eles gostam de dizer, é muito lindo.
Matt e Griffin também são integrantes da banda. Os dois são super parecidos fisicamente, pois tem lindos olhos azuis, com corpo magro, cabelo loiro. Já em personalidade, os dois primos são bem diferentes. Matt é um dos guitarristas mais talentosos e Griffin é o baixista. Todos os meninos da banda tinham tatuagens espalhadas pelo corpo.
Jenny é uma linda loira que trabalha como garçonete no bar Pete’s, tem olhos claros, é uma mulher de bom coração. Ela é uma das muitas fãs da banda e, além disso, é amiga de todos integrantes, mas por ela poderia ser bem mais que amiga, né?!
Denny é quase um irmão para Kellan, eles se conheceram quando os pais de Kell resolveram participar de um programa onde se hospedavam um estudante de intercâmbio. Com isso, eles se tornaram mais próximos e quase irmãos. Ele é muito bronzeado e de cabelos e olhos escuros, sendo que seu cabelo é cortado bem curto. Ele é o tipo de pessoa mais fácil de se conviver, pois todos gostam do seu modo de tratar as pessoas e a educação que ele possui. Tem cabelos curtos espetados para todos os lados, o corpo magro e não muito alto.
Capa, escrita e afins
É sempre uma boa experiência ler os livros que nos despertam pela capa e que nos chamam a atenção para o modo como é contada em detalhes a vida dos personagens. Em cada livro nos encantamos por um personagem e nesse não foi diferente.
Kellan é muito mais do que imagina que seja, por tudo que já passou ele acaba e sentindo um pouco perdido e sozinho, mas mal sabe que é mais forte do que imagina. Por tudo que já sofreu, ele usou a música e o sexo como algo para fugir e, em alguns momentos, isso fez com que se sentisse muito mal. Ele só usou algo que era mais próximo de sua realidade, pois nós, quando somos decepcionados, acabamos nos entregando mais a algo que nos liberta de alguma forma.
No decorrer do livro, podemos ver um pouco de como foi a infância de Kellan e como era sua relação com seus pais. A chegada de Denny na família e o quanto a amizade entre os dois teve significado e deu esperança para ele. Sua grande família são seus amigos da banda de rock, e, com eles, Kellan acaba compartilhando coisas capazes de fazê-lo esquecer um pouco o passado.
Nos é apresentado em detalhes os momentos vividos por Kellan sofrendo abuso nas mãos de seus pais, mesmo depois de crescer. Sendo rejeitado ele se tornou um dos melhores artistas e um homem de muito bom coração. No meio da história ele acaba se apaixonando pela namorada de seu melhor amigo e, com isso, muitas reviravoltas irão acontecer. Mas quando o amor fala mais alto nada e nem ninguém consegue mudar isso.
A escrita foi feita com muitos detalhes e é algo que eu adoro, pois é através dela que consigo perfeitamente imaginar o que está se passando na história.
Conclusão
Eu acabei começando o livro e só depois percebi que precisava ler os outros para conhecer cada um dos personagens, mas no Rock Star podemos ver um pouquinho de cada um. É uma linda história de um triângulo amoroso, em que as informações estão bem ricas e podemos ver cada detalhe vivido pelos personagens. Mesmo sendo um livro muito bom, acredito que ele foi bem demorado, pois alguns momentos poderiam ter sido citados de uma forma mais simples, mesmo tendo um livro bem rico em informações e em história, acredito que ele poderia ter sido um pouco menor sem perder os melhores momentos desse adorável livro.
O que mais gostei do livro foi de como os personagens se abriram totalmente contando suas histórias de vida e nos mostraram como eles são transparentes.
Eu indico esse livro e espero que todos possam gostar assim como eu gostei, mesmo ele sendo bem grandinho, é um livro que super te prende a leitura e te faz imaginar perfeitamente as cenas vividas.
Citações importantes
Você me derrubou e me fodeu. Ainda estou me segurando, esperando um repeteco. Pode me chamar de maluco, mas a verdade é que eu não consigo ter o suficiente de você.”
O tempo não espera por ninguém(...).”
Juro a você... meu amor não vai morrer.”
Você é tudo que eu sempre vou mais querer na minha vida.”
Nota da leitura:
 
Gostou da resenha? Já leu o livro? Deixe seu comentário e vamos prosear!
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E aí? O que achou do post? Gostou? Tem alguma crítica construtiva ou dica? Deixe nos comentários! Lemos e respondemos a todos! Ah e deixe o link do seu blog para que possamos te conhecer melhor. Obrigada pela visita e volte sempre.

© Escrituras da Alma - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
Modificado por: Sâmela Faria | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo