Conheça nossa página

#Resenha: A garota perfeita por Mary Kubica – Editora Planeta




 Deixa-me tomar ar. Acabei de ler “A garota perfeita” faz apenas alguns minutos e ainda estou transtornada com essa belezura que li em um dia. Sério, o livro é uma obra instigante e, no final, vai te deixar sem fôlego.

Em “A garota perfeita” Kubica nos apresenta uma história surreal narrada por quatro principais personagens, três, na maior parte do tempo.
 Mia é uma professora de 25 anos que, apesar de ser rica por ser filha do Juiz James Dennet e da Eve Dennet, dá aulas de arte em uma escola para alunos menos privilegiados na vida, uma população mais pobre. Tem uma irmã Grace, advogada como o pai, que diz ser a filha que ele queria que ela também fosse. Mas, ela se opôs a fazer o que ele pretendia para ela e saiu de casa aos 18 anos. Vive sozinha em sua casa e leva sua vida tranquilamente, com um namorado que quase nunca aparece.
Sua vida muda completamente quando ela, em uma noite, ao receber mais um bolo de seu namorado, conhece o interessante Colin (que tem um sobrenome difícil) e, após beber uns goles alcoólicos, mesmo não estando bêbada, decide sair com ele. Vão até o apartamento dele e quando ela tenta ter algo a mais, ele a repreende e diz que não. Sem entender, ela quer ir embora, mas Colin com uma arma a diz que ela precisa ir com ele.
Colin a obriga entrar em seu carro e sai com pressa para entregá-la às 2h15 a um cara a qual havia lhe contratato o serviço. Seria um sequestro. Mas Colin não sabia mais que isso. No caminho, imaginou que o cara iria pedir resgate, já que o pai de Mia era um Juiz rico e renomado. Só que ele começa a ficar aflito quando pensa no que poderia acontecer com Mia e acaba desistindo de entregá-la. Agora, as coisas estão fora do controle e ele tenta escapar com ela para um lugar onde o contratante não os encontre. 
 Em uma cabana abandonada, eles se escondem. Ele a chama de Chloe. Ela o conhece como Owen. Mas Owen/Colin não tem um plano para se livrar da situação e passa tempo demais ali pensando em como sair sem ser pego.
O livro, como disse, é narrado, na maior parte do tempo, por três personagens: Eve, mãe de Mia; Gabe, o detetive responsável pelo caso; Colin, o sequestrador de Mia. A mãe de Mia, Eve, narra momentos de antes, quando Mia foi sequestrada e depois que ela volta para casa. Gabe faz o mesmo, narra antes do sequestro e depois. Já Colin, narra apenas antes, que é onde conta tudo sobre como ele chegou até ali.
Gabe, o detetive, faz de tudo para conseguir desvendar o caso do sequestro de Mia e a cada nova pista, retorna a Eve. Ele a encontra, mas Mia está em estado de choque e não se lembra de nada, então seu trabalho, mesmo após encontrá-la continua.  James, pai de Mia, parece o tempo inteiro insensível ao caso. Grace, irmã de Mia, não muito diferente.
O livro é gigantemente instigador, porque, ao mesmo tempo em que Colin revela, aos poucos e em capítulos curtos, tudo o que acontece na cabana, Eve e Gabe contam tudo que acontece depois da cabana. E também antes, no momento em que Mia ainda estava lá. Você vai, aos poucos, querendo engolir o livro e não consegue largá-lo. Não há fim de capítulo, tudo tem continuação e você precisa saber o que vem depois. 
 Os personagens são muito bem descritos. Cada um em sua singularidade. A história foi muito bem pensada, planejada e contada. Tudo vai tendo sua importância aos poucos. Até mesmo o título do livro faz todo sentido. 
Existe apenas uma coisa que não gostei muito no livro, mas não posso dizer para não contar nada importante.  Então, não posso dizer mais que isso, ou darei Spoiler grande aqui. A questão é que o livro precisa ser engolido para que tudo se encaixe. Você vai ficar sem fôlego diversas vezes, vai fazer planos, criar mapas, inventar histórias, desenhar situações que podem ou não condizerem ao que realmente acontece com eles. Tudo é muito bem envolvido e, vagarosamente, revelado. E, no final, tudo se encaixa. Tudo faz total sentido e você não vai acreditar, porque é surpreendente.
Recomendadíssimo!! 
Nota: 5/5
Sâmela Faria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião para nós, viu?! É bom contar com a ajuda de quem nos lê. Os comentários sempre serão respondidos.
Relaxem e teclem conosco. :*

© Escrituras da Alma - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
Modificado por: Sâmela Faria | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo