Conheça nossa página

Saia desse casulo de decepções: recomece!

Eu conheço essa história. Quando as coisas vão de mal a pior todo mundo diz isso: “Não sei mais o que fazer!” Ok. Você tem todo direito de não saber, mas vou te dizer uma coisinha bem básica agora e que, talvez, possa te fazer mudar de ideia: quando você se perde em meio aos problemas, ou em suas próprias tempestades temperamentais, emocionais e sociais, e não sabe mais como continuar, a resposta pode estar em recomeçar. É nessa hora que você vira os olhos para cima e bufa só de lembrar quantas milésimas de vezes isso já lhe foi dito, mas repito: Recomece.
Mas só pra enfatizar e não deixar dúvidas, recomeçar não é esquecer ou voltar atrás. É ir mais adiante, é tentar novamente com todas as suas últimas forças – porque a gente sempre tem uma forcinha de reserva, mesmo que seja mínima.  É descobrir o que faltou, o que sobrou e o que tá demais. É carregar seus contrapesos e sugar toda lição de cada um deles. É aprender a conviver com o passado e deixá-lo correr contra o tempo a seu favor. Destruir qualquer tipo de conversinha fiada com o silêncio e dar a volta por cima. Porque você pode, porque você precisa.
Quer saber a verdade? Não adianta você se desdobrar por decepções. A vida tá aí e o tempo tá correndo, sabe? Vai ficar parada, se sentindo destruída e fracassada quando, na verdade, você está perdendo mais um dia em que poderia estar fazendo mais por si mesma? Pode sofrer, pode chorar o quanto quiser, quebrar a casa, bagunçar a cama e esbofetear o travesseiro. Mas, deixa eu te dizer uma coisa: Não se destrua por nada que não valha o seu maltrato. E pior que se deixar abater é se autodestruir. É se limitar e se incapacitar por caminhos que não deram certo. Existem outros caminhos na vida, sabia?
Por isso, recomece. Não importa se não deu certo, não importa se te fez sofrer e chorar, o que importa é que você pode sair desse casulo de decepções. Você pode até estar em meio a uma tempestade, recomeçar nunca será impossível. Guarde as dores nos bolsos e enxugue as lágrimas, tente outra vez por outro caminho, por outro lado e de outro jeito. Sempre há um jeito de fazer com que alguma coisa dê certo, com que melhore. Liste seus maiores sonhos e saia em busca de cada um deles. O que der errado é lição e vai te servir de impulso.
Mas, entenda: recomeçar não é sinônimo de fracasso. É sinônimo de força, de esperança e de garra. Porque só é preciso continuar tentando até um dia você se sentir pronta pra dizer que fez de tudo, que correu atrás e buscou com perseverança. O que importa não é o que deu certo ou não, o que importa é o quanto você fez por isso; o quanto você se doou e, mesmo que nada tenha saído como esperado, o quanto você aprendeu.
Sâmela Faria

2 comentários:

  1. Como vc escreveu no texto de forma linda: recomeçar não é sinônimo fracasso. Às vezes, nós levamos tantas rasteiras na vida e ficamos sem querer nos levantar ou de desistir de algo. Cada um tem seu tempo e nada melhor do que recomeçar quando está se sentindo bem.
    Parabéns pelo texto e fiquei feliz em conhecer seu cantinho.
    Abraços Mika
    Pensamentos Viajantes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mika!
      Eu que fico feliz em lhe receber por aqui. Obrigada! <3
      E volte sempre e sempre, viu?!
      Beijos,
      Sâm.

      Excluir

E aí? O que achou do post? Gostou? Tem alguma crítica construtiva ou dica? Deixe nos comentários! Lemos e respondemos a todos! Ah e deixe o link do seu blog para que possamos te conhecer melhor. Obrigada pela visita e volte sempre.

© Escrituras da Alma - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
Modificado por: Sâmela Faria | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo