Conheça nossa página

Sobre amar de verdade



Tem gente que ama logo de cara, investe em perfumes caros e boas aparências e acaba esquecendo o investimento no interior, no coração e no saber a hora certa de falar e calar. Tem gente que ama por uma semana. Conhece alguém que considerou legal e – pá! – já ama, mas aí vem os pais da pessoa, a família e as responsabilidades. Tem gente que ama por alguns anos. Conhece alguém que mexeu com seu coração e vai se apaixonando aos pouquinhos e decidindo seus passos juntos, mas ao ventar, algumas coisas mudam, a tempestade chega com tudo e a pessoa não sabe como lidar e abandona o barco em pleno naufrágio. 

Mas tem gente que ama por algumas horas, utiliza as palavras “eu te amo” como guia do seu intelecto sincero e depois, tchau. Há quem ama por alguns minutos também, sei lá, sempre tem. Tem gente que não ama ninguém porque isso dá muito trabalho e enquanto isso, sai batendo portas e abrindo outras por aí. Existem aqueles que não sabem amar. É fácil notar a obsessão que carregam no olhar. Também tem os que desconhecem essa palavra e afirmam não sentir nada.

Tem gente que quer amar, mas não encontra um amante. Tem gente que achou que encontrou quando iniciei esse texto, mas nessa mesma frase percebeu que acabou. Neste exato momento, pode haver muitos encontrando o amor, muitos acabando com ele e muitos ainda em sua procura. Mas existem aqueles que amam por uma vida inteira e carregam um livro – não escrito – dentro de si recheado de ensinamentos. Porque, para amar de verdade, é preciso saber persistir. Saber a hora de calar, de falar e instruir. É preciso saber dizer um não muitas vezes e também um sim contra vontade. 

É preciso saber ceder. Saber confiar e saber onde pisar. É preciso saber estar ao lado e valorizar quem ali está. É preciso haver companheirismo e reciprocidade em um mesmo patamar. É preciso saber reconhecer seus erros e se desculpar. Saber dividir o tempo e o espaço. Saber que a felicidade é feita de pedaços e que, às vezes, você pode não conseguir juntá-la. Saber que o melhor sorriso de todos é aquele que você fez parte. Saber se doar. Saber perdoar. Saber ignorar o que não acrescenta. Porque, no amor, não é preciso exceder e sim completar.
Ama, mesmo, aquele que não desiste de aprender a amar. 
- Sâmela Faria

10 comentários:

  1. "Existem aqueles que não sabem amar. É fácil notar a obcessão que carregam no olhar. Também tem os que desconhecem essa palavra e afirmam não sentir nada.".
    Sempre unindo as palavras de uma forma que, quando lidas, parecem veludo! *-* Amei, amei, Sâm!

    http://salveavenus.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elisa! Que bom que gostou, fico feliz.
      Obrigada!! <3
      Beijinhos

      Excluir
  2. Pois o amor nunca se aposenta, trabalha incansavelmente. Sempre está à disposição de colher um coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lindo Gisele!
      Obrigada pela visita e volte sempre.
      Beijinhos

      Excluir
  3. "Porque, no amor, não é preciso exceder e sim completar." Bela definição e belo texto. O amor não é soberbo e exagerado. O amor rima com sabedoria, cuidado e tranquilidade. Obrigada pela sua visita e pelo comentário. Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo complemento, adorei!
      Obrigada você, volte sempre!
      Beijos

      Excluir
  4. "É preciso saber ceder. " Realmente, essa é uma das coisas que mais é preciso ser feita, devemos ceder o tempo inteiro enquanto o amor vive.
    Lindo seu texto!
    Tem um novinho lá no meu blog, fico te esperando por lá <3
    Bjs.

    http://blogvermelhovintage.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade. Sem sombra de dúvidas, saber ceder fica entre os ingredientes necessários em uma relação.
      Obrigada e com certeza visitarei!
      Volte sempre.
      Beijos

      Excluir
  5. Nossa texto lindo como sempre ne, como é difícil falar sobre amor, hj em dia tem mta gte falando de amor mais poucos amando de vdd e sabendo o seu real significado. bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isto é fato Claudia!
      Obrigada lindona.
      Volte sempre.
      Beijos

      Excluir

E aí? O que achou do post? Gostou? Tem alguma crítica construtiva ou dica? Deixe nos comentários! Lemos e respondemos a todos! Ah e deixe o link do seu blog para que possamos te conhecer melhor. Obrigada pela visita e volte sempre.

© Escrituras da Alma - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
Modificado por: Sâmela Faria | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo