Conheça nossa página

Um dia eu quis crescer



Bob esponja ficou chato após os episódios que eu acabei perdendo. Parei de acordar às 6:00h da manhã para assistir desenhos na TV Globinho e passei a ir à escola, depois trabalhar e hoje só tenho saudades desses dias. As coisas pareciam tão mais coloridas. Mais, cheias de vida. E hoje o que são? Regresso do que ficou. Do que um dia foi, passou.
E como a saudade é massacrante, não vejo um dia que eu feche os olhos diante da noite, sem me lembrar de como eu era feliz. De como existia luz no meu caminho. As borboletas pousavam em minhas mãos e a cada sorriso meu era um suspiro de emoção. Tinha lá minhas manhas de menina. Manias de rebeldia. E vontades exuberantes. Eu era feliz e não sabia.

Percebi que cresci, quando chegou minha primeira fatura do cartão de crédito. Quando cheguei à conclusão de todos os dias obrigatórios de ida a escola, minha formatura. Quando entrei para faculdade e me vi sozinha, mesmo no meio de uma multidão. Quando senti aquela vontade de desistir de tudo. Quando minha mãe gritou comigo e eu não mais discuti. Quando minhas bagunças diárias viraram decepções. 

Eu cresci, quando abri as portas e as janelas do meu coração para alguém entrar. E cresci mais, quando esse alguém entrou e mudou tudo aqui dentro. Eu cresci, quando meu pai me disse que eu devia ser mais responsável. Quando tive desentendimento no serviço. Quando discuti com uma amiga e mesmo tendo razão, pedi desculpas. Quando deixei de lado meus problemas, para ajudar a quem precisava. 

Eu definitivamente cresci. E não pude voltar atrás. O tempo passou e eu ingressei em outras conquistas. Mesmo com todas as minhas falsas esperanças. E hoje posso afirmar que eu era apenas uma criança. E foi desse pequeno ser, que eu cheguei a ser quem sou. Percebi que cresci quando chorei durante a noite e mesmo eu já sendo “gente grande”, minha mãe estava lá, me pondo em seu colo novamente.

E é assim que a gente vira gente. É assim que as coisas são. Aquela menininha de alguns anos atrás virou uma meninona com seus sonhos nas mãos. Economista da dor. Pertencente a esperança e colonista do amor. Os olhos arregalados de alegria foram se indo sem deixar vestígios. O sorriso se desmanchando e a fé desmoronando. Porque criança sempre crê. E acredita no que nem vê. Acredita nas pessoas, na amizade, na vida... E no crescer. 
-Sâmela Estéfany

-Acompanhe também pelo Facebook, clicando aqui! 

10 comentários:

  1. Como você escreve bem, adorei seu texto. Quando pequena eu também queria muito crescer mas depois ... KKK
    http://toobege.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que todo mundo já passou por isso! rs'
      Obrigada Mariana!! Volte sempre viu?!
      Beijos

      Excluir
  2. Adorei o texto!! Me emocionei até!! Queria ter esse dom da escrita!!
    Infância é legal quando somos adultos, não é mesmo?! hehe Quando criança, adolescente a gente só quer ser adulto e quando alcançamos essa idade vemos que nossos sonhos não são assim tão fáceis!! Mas eu não troco meus 30 por outra idade...hehe
    Um grande beijo
    http://conceitogaya.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade. Eu também não, mas é que às vezes, bate aquela saudade!
      Obrigada querida. Volte sempre viu?!
      Beijos

      Excluir
  3. Adorei, quase chorei, apesar de ser muito nova acho que qualquer um amaria! Um beijão enoorme e te desejo Tudibão haha <3 :) http://umelevadorateasestrelas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Duda!! Desejo tudo em dobro para você.
      Volte sempre!!
      Beijos

      Excluir
  4. Não dá para simplesmente dizer que amei o texto, é mais que isso. Me identifiquei completamente. Acho que é isso: quando crianças queremos crescer tão rapidamente e não sabemos como são as coisas, mas quando crescemos vemos como são e seus significados, que não é nada encantado como achamos que seriam.
    Beijos
    Dezesseis de Volta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Dani, fico feliz por isso! Exatamente, ser criança é o que há de mais pureza no mundo e só depois percebemos isso.
      Obrigada querida!
      Volte sempre!
      Beijos

      Excluir
  5. Adorei o seu blog, você escreve muito bem parabéns! *--*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada flor!!
      Volte sempre viu?!
      Beijos

      Excluir

Deixe sua opinião para nós, viu?! É bom contar com a ajuda de quem nos lê. Os comentários sempre serão respondidos.
Relaxem e teclem conosco. :*

© Escrituras da Alma - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
Modificado por: Sâmela Faria | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo