Insistente saudade


Olha quanto tempo esnobo essa sua presença. Viro meu mundo de pernas só para não esbarrar contigo por aí. Tranco as portas da casa e ainda carrego comigo, só para ter plena certeza que você não vai voltar e que não estará lá quando eu chegar. Vivo à procura de preencher meu tempo, meus pensamentos, meus sentimentos, só para não ter que lembrar você. Mas, é que às vezes, meio sem jeito, lá vem você me atormentar. Sempre insistindo em ficar. Porque ser tão rude? Não precisa mais me procurar.

Quantas vezes olhamos para trás e não encontramos mais aquelas pessoas que tanto nos fizeram sorrir? Isso doi. É um desespero avassalador, sem sintonia boa, sem notas melodiosas, e totalmente sem cor. Repetições inconstantes, lembranças destruidoras e feridas que jamais irão cicatrizar. Ninguém nunca esquece alguém que se tornou importante em sua vida um dia. Pode ter ido embora, pode ter machucado, ferido, agido errado. Pode ter sido cruel, infiel, desleal ou coisa e tal. Pode até ter ido para sempre, e com aquela dolorosa certeza que nunca mais voltará. Ninguém jamais irá esquecer os momentos, da falta e da tamanha saudade que ficou.

Ouvia falar da saudade pelos cantos em que andei buscando crescer.  Tive certas certezas sobre ela, porém pude notar, que quando não a conhecemos bem, até dá para dizer que é boa. Mas, não é. Não é, porque quando amamos, queremos estar por perto. Não é, porque ela escorre pelos olhos compulsivamente sem ter data para parar. Não é, porque machuca e parece que se está arrancando o coração de dentro da gente. Não cara, ela não é boa, jamais. Porque ninguém suporta. Ninguém tolera. É massacrante. Incapaz de passar, podendo apenas se amenizar durante uns dias, mas sua volta já bate aí na porta.


Querida saudade, você é feita das mais agonizantes lágrimas, das mais terríveis sensações, dos que se foram, e não voltarão mais. Você foi feita completamente cruciante, e bem algum causará. Foi das mais alucinantes vontades de voltar atrás que sua embarcação chegou á Terra. Sabe aquele tempo de criança que se foi sem volta? Foi de lá que surgiu. Foi dos choros mais aflitos que você bateu o pé e quis ficar. Pois que vá embora, junto com todas as dores que me fez sentir, junto com todos os ritmos ruins que me fez dançar por não ter mais vontade de sorrir. Leva contigo o sofrimento que até hoje, tem me feito sentir. Até porque quando tornar a bater em minha porta, não mais haverá alguém para abrir. Que fique claro que você não é bem vinda aqui.


-Sâmela Estéfany| Insta

14 comentários:

Estiilo Carol disse...

Adorei o texto princesa, muito lindo mesmo .. saudade é um sentimento muito complicado :/
Beijinhos linda
www.estiilocarol.com.br

Sâmela faria disse...

Awn muito obrigada *---*
Complicado e triste!
Obrigada pela visita, volte sempre :D

Raah disse...

Adorei o texto ,lindo e muito bem escrito =)
Bjs
Aquarela Pink

Sâmela faria disse...

Obrigada flooor!!
Volte sempre :D

Bruna Alcântara disse...

Depois do seu texto, a saudade veio me visitar :( hahaha amei o texto!
http://www.brunaalcantara.com

Sâmela faria disse...

Ah sério? Não foi essa minha intenção rs'
Obrigada flooor :D
Volte sempre!!

Elisa Alecrin disse...

Olha, eu gostei do seu blog! Gostei da sua escrita e me identifiquei com o texto. Parabéns
Beijinhos

www.lilasesol.com

Sâmela faria disse...

Awn que lindaaa! Muito obrigada flor! Volte sempre ta? <3

Giovana disse...

Que lindo o texto,descreveu muito bem a saudade.

Beijos

blogdagi1.blogspot.com.br

Nequéren Reis disse...

Amiga texto maravilhoso amei.
Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
Canal de youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis

Sâmela faria disse...

Obrigada Giovana *----*
Volte sempre!!

Sâmela faria disse...

Obrigadaaa flor!!
Volte sempre :D

Camila C. disse...

Lindo o texto!

Vem Conferir meus Favoritos Janeiro/2014!
http://coisasdeespelho.blogspot.com.br/2014/02/favoritos-janeiro2014.html

Beijos.

Sâmela faria disse...

Obrigada Camila *----*
Volte sempre :D

Nosso instagram!