Planeta de Livros,

#Resenha: Sempre a encontrarei - Megan Maxwell

janeiro 10, 2019 Sâmela Faria 6 Comments

Título: Sempre a encontrarei (série Guerreiras, livro 3)

Autora: Megan Maxwell

Editora: Planeta de Livros (selo Essência)

Páginas: 432

Ano de publicação: 2018

Onde comprar: Amazon | Saraiva




A História

E se você precisasse esconder quem você realmente é para que possa continuar sendo você mesma?

Angela é uma moça diferente. Ela age conforme as normas. Segue as regras de conduta e comportamento. No entanto, Angela sabe que aquilo ali não é quem ela é. Seu verdadeiro eu grita dentro de si toda vez que precisa abaixar a cabeça e, respeitando o decoro que ela tanto odeia, fingir que está tudo bem. No fundo, Angela não é nenhuma mocinha frágil e indefesa, mas a imagem que ela passa é a representação perfeita de quem querem que ela seja, mas não é.

Kieran é um laird e um guerreiro feroz, mas também mulherengo. Fugindo das possíveis noivas que sua mãe tenta encontrar para ele, o highlander vive suas batalhas e lutas juntamente com seus homens de confiança, Zac e Louis, além de sua tropa. Seu lema é não se amarrar a mulher alguma, embora tenha a jovem Susan à sua espera. Em um dia de viagem, seus homens são atacados covardemente e, embora tenham lutado, acabam feridos. O que poderia ser apenas mais um dia ruim de viagem árdua, acabou por se tornar o dia em que Kieran ficou enfeitiçado por uma mulher guerreira e encapuzada.

Parando pelas terras dos Ferguson, castelo de Angela, seu único objetivo é encontrar e descobrir quem é essa mulher que lhe virou a cabeça. Ali ele poderá acampar na floresta para esperar a encapuzada aparecer e, ao mesmo tempo, manter boas relações com o laird Kubrat Ferguson, pai de Angela. É lá que ele conhece Angela, uma mocinha insuportável que vive chorando pelos cantos, tem medo de cavalos e, ainda por cima, é respondona quando não consegue se controlar e seguir as normas, o que lhe chama a atenção.

Ao conhecer Kieran, Angela age, como sempre, mostrando que segue todas as regras de bons modos, deixando-se ser vista como a pobre jovem indefesa que espera pelo príncipe encantado para salvá-la. Mas aquele highlander é dono de irritá-la, fazendo com que vacile na sua atuação diante dele. E o que ele não sabe, portanto, é que a jovem Angela, chorona e tímida, é a mesma mulher que inunda seus pensamentos desde o ataque na floresta.

 A guerra entre os dois pode ser o início de muita aventura e desavenças, mas quem disse que não é no clima de amor e ódio que o desejo pode surgir?

Personagens principais

Angela é tudo, menos indefesa e chorona. No entanto, é exatamente assim que se mostra. Tudo o que ela faz é manter sua imagem a salvo, sua e de seu grupo. Mas ela tem sede das aventuras, do perigo, da luta. Ela é ruiva e tem olhos verdes. Uma beldade, segundo aqueles homens brutamontes da tropa de Kieran, não fosse o fato de ser tão medrosa e chorona. Seu disfarce está a salvo, ela acredita, mas quando está perto de Kieran, ela acaba vacilando, sorte dela ele sequer imaginar quem seja, mas foi justamente esse seu modo de ser que fez com que ele reparasse nela.

Kieran é um guerreiro exemplar e laird de seu castelo. Ele tem sua tropa de guerreiros, igualmente grosseiros e fortes. Sua beleza chama atenção por onde anda, é loiro, olhos claros e corpulento. Ele é considerado uma pessoa paciente, bondosa e temperamento tranquilo, com sua personalidade afável e jeito conciliador, poucas vezes se irritava. Fazia sucesso entre as mulheres. No entanto, aquela mocinha o tirava do sério como ninguém. Sua rejeição foi a primeira coisa que lhe irritou, mal sabia ele que as coisas ficariam cada vez mais desafiadoras para ele.


Personagens secundários

Angela tem duas irmãs: May e Davinia. May é sua irmã religiosa que, após perder o marido, encontrou em Deus as forças que lhe faltavam, então se tornou freira. Davinia é a irmã mais velha que está sempre lhes lembrando de como devem agir, do decoro e das normas de bons modos. Ela é casada com Cedric, um homem insuportável que ninguém da família apoia.

Zac é amigo de Kieran e um de seus homens de confiança. Ele é irmão de Megan, sua amiga guerreira de quem sempre lembra com carinho, que é casada com seu também amigo, Duncan. Zac é um guerreiro forte e decidido que está sempre ao seu lado pronto para a luta. O rapaz, porém, descobre sensações conflitantes quando conhece a jovem Sandra, amiga de Angela.

Sandra é uma menina alegre e bela. É a melhor amiga de Angela. São tão unidas que usam o mesmo disfarce de mocinha indefesa que segue as regras de comportamento, enquanto, por dentro, sabe muito bem que aquilo tudo ali lhe entedia, embora se divirta com os olhares assustados com seus gritos e choros recorrentes. Conhece Zac e logo se encanta com o rapaz. Mas a vida lhe impõe caminhos tortos e Sandra não tem escolha.

Aston e George são gêmeos. Eles também vivem nas terras dos Ferguson, juntamente com seu pai, Willian Shepard. Aston e George se tornaram fies amigos escudeiros de Angela. Sendo Willian muito amigo de seu pai, eles sempre estiveram por ali. Estão sempre presente na vida da menina para o que der e vier.


Capa, escrita e detalhes

A capa do livro segue a linha de tiragem da série, ou seja, tem a mesma ideia dos livros anteriores. É simples, porém retrata perfeitamente a história que o livro carrega.

A escrita da Megan é simplesmente maravilhosa. Eu adoro a forma com que ela descreve os lugares, os personagens, as tretas. Sempre com seu estilo leve, porém totalmente adequado ao ano que se passa a história.  Os diálogos são sempre interessantes e as farpas trocadas são as melhores. Dou boas gargalhadas sempre. O livro é narrado em terceira pessoa, então temos a visão de todos os personagens conduzindo a história, conforme tudo vai acontecendo.

Os personagens são sensacionais. Cada um com sua singularidade muito bem trabalhada do começo ao fim. Senti apenas que o Kieran que conheci nos livros anteriores deu uma mudada, mas quem é que não muda após alguns anos, não é? E, além disso, agora ele está bem mais maduro, virou aquele homão e não foi em vão.

A protagonista feminina me irritou diversas vezes. Quis sacudi-la e dizer “ficou louca?”, exatamente como sempre lhe dizem na história. No entanto, ela também me deixou completamente feliz por sua força e coragem. Ah, vai, todos nós temos o nosso gênio rebelde nível máster e, vira e mexe, saímos por aí dando cabeçada nos muros que nós mesmos criamos. Angela é uma mocinha que te irrita com suas atrapalhadas, mas que também te faz rir pelo mesmo motivo. No final, a gente sai amando-a, afinal, como não amar esse coração gigante?

Os outros personagens também são bastante retratados no livro. É isso que amo nos livros de romance de época da Megan. A história nunca gira em torno de um só casal ou personagem. Todos os personagens ganham voz, tem sua história e compartilha sua vida conosco.

Conclusão

O livro traz muitaaaas desavenças e conflitos. São muitas histórias que precisam de um final, no mínimo, feliz, mas nem tudo são flores. Agora, sabe aquele casal que vive num “arranca rabo” sem fim? Esse casal é exatamente assim. Toda vez que você pensa que eles, finalmente, se resolveram, vem um turbilhão de coisas e a briga reina mais uma vez.

Sempre a encontrarei é hilário, engraçado e cheio de aventuras. Nada meloso. Pouco previsível e completamente conflituoso. Essa história merece ser lida por quem também ama um romance de época com mulheres guerreiras.

Recomendo para todos e todas que amam histórias que parecem não ter fim, mas que quando o fim chega, só fica o gostinho de quero mais!

E é isso mesmo: quero mais. E já estou ansiosa.


Comentários
6 Comentários

6 comentários:

  1. Essa mulher arrasa demais, né não ?
    Eu amoooo a série erótica dela, Peça-me o que quiser!
    Quero ler tudo dela kkkk
    Fiquei com vontade de conhecer a série, apesar de não gostar muito de livros de época.
    Bjs
    Duda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu comecei essa série que falou e ainda não terminei.
      Mas se gosta dela, vai amar a série Guerreiras.
      São ótimas escolhas para começar a amar o gênero, viu? Fica a dica. hahaha
      Beijos,
      Sâm

      Excluir
  2. Ai eu amo séries! Principalmente quando tem personagens guerreiras e tudo mais. :D
    Adorei conhecer mais uma série nesse estilo.
    Até mais.
    Lorena

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a sua cara, Loh. Leia, leia, leia!
      Obrigada por comentar vários posts aqui. Hahaha.
      Espero que fique.
      Beijos, lindona.
      Sâm

      Excluir
  3. kkkkk Parece tão divertido e diferente! Adorei. Fiquei com vontade de ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lú, guria, é bem divertido sim, viu?
      Eu engulo as páginas de tão bom que é.
      Leia!
      Beijos,
      Sâm

      Excluir

E você, o achou do post? Me conte aqui nos comentários!
Deixe seu link para eu conhecer seu blog também. ;)