Conheça nossa página

Ela só queria você

Foto via, freepik
Era o “tic tac” do relógio, composto pelo “tec tec” das unhas batendo na mesa, os suspiros seguidos daquele coração acelerado. E dentre todos esses pequenos barulhos, na verdade, ela só queria ouvir o toque do celular e o motivo seria você.
Reprisava inúmeras vezes aquelas lembranças durante o dia, e o resultado era aquela ansiedade, um instante de medo que logo ia embora. Ela, na verdade, só queria saber que encontraria você dali algumas horas, ou amanhã, só queria que o relógio não corresse tão rápido, ou que voltasse no tempo e parecesse tudo exatamente naquele momento que se repetia a cada pequeno instante em sua cabeça.

Lembrou da primeira vez que você realmente chamou atenção e, na verdade, a luz estava baixa, mas vai saber o que você fez, ela só sabe dizer que a música chegou até ficar mais baixa por um instante.
Mas afinal, o que aconteceu com aquele coração tão independente? Foi assim, tão de repente, vai ver encontraram uma fraqueza entre as feridas cicatrizadas e os receios, um monte de sonhos e desejos nunca realizados.
Ei, amor, não começa a tirar esses pés do chão, não traga os delírios, tampouco aqueles momentos aéreos durante o dia, deixe o rádio ligado e apenas sintonize as estações.
E de tantas memórias e pequenas histórias inventadas, ela pode querer começar a escrever algo novo, mas que seja com você, então deixa tudo acontecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E aí? O que achou do post? Gostou? Tem alguma crítica construtiva ou dica? Deixe nos comentários! Lemos e respondemos a todos! Ah e deixe o link do seu blog para que possamos te conhecer melhor. Obrigada pela visita e volte sempre.

© Escrituras da Alma - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
Modificado por: Sâmela Faria | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo