Conheça nossa página

Da saudade que Clarice disse

Imagem via Pinterest

Bem que Clarice disse, a saudade é o sentimento mais urgente que existe.

E só ela sabia dizer as histórias por trás daquele cobertor amassado. Lembro-me de tê-la visto deitada, alisando a cama, olhando para o nada..., mas o nada às vezes significa um oceano profundo de sentimentos, de lembranças.

Daquelas palavras ditas na dureza de um momento difícil, a frase do ponto final foi a mais demorada a ser digerida. O peito doía a cada sílaba que ela ouvia em sua memória, cada palavra. E depois de tantos anos apenas se perguntava o porquê. Aquele questionamento que ia além de todas as perguntas feitas a si, agora tinha a incerteza do futuro.

Ela amanheceu naquele dia nublado, completamente desorientada, foi assim, tão do nada e de um dia para o outro, ela que já tinha tão poucas certezas na vida, acordou vazia.

Conversou com seus pais e seus amigos como se nada tivesse acontecido. No rosto um sorriso, na alma uma ferida, ainda aberta, mas buscando um jeito para cicatrizar. Levou alguns dias até que conseguisse falar que fazia um tempo que estava sozinha, “...mas, por favor não me peça para dizer como cheguei até aqui. Não me pergunte o que aconteceu, apenas me leve para sair, ria junto comigo. Só quero que saiba que toda essa saudade que sinto agora é de mim. Saudade de quem eu era antes daqueles anos, saudade dos meus sonhos, dos meus planos. Pode deixar, esse aperto que sinto no peito vai passar, mas, por hora, eu sei que é você que irá lutar por mim, enquanto não conseguir levantar.” Isso era tudo que ela dizia para a amiga, para a família.

É que tem perdas que a gente pode até demorar a aceitar, mas na vida há pessoas que são caminho para que melhores possam estar ao nosso lado. E de tantas histórias que vivemos, das que nos perdemos precisamos parar para nos reencontrar de novo.

A saudade às vezes não é do outro, mas sim do alguém que existiu dentro de você e que por alguma razão foi embora, mas que para um “eu” ainda melhor possa existir.

2 comentários:

E aí? O que achou do post? Gostou? Tem alguma crítica construtiva ou dica? Deixe nos comentários! Lemos e respondemos a todos! Ah e deixe o link do seu blog para que possamos te conhecer melhor. Obrigada pela visita e volte sempre.

© Escrituras da Alma - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
Modificado por: Sâmela Faria | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo