Conheça nossa página

#Resenha: Minha Doce Menina - Lucy Benton (Wattpad)


Título: Minha Doce Menina (Livro 1)
Autor: Lucy Benton
Capítulos: 42 capítulos
Publicação: Independente pelo Wattpad
Deixe o amor te guiar..
A História
Amália, conhecida como Mia, foi criada por sua mãe de uma forma muito superficial. Ela apenas a ensinava o que era necessário, mas nunca dava o que era essencial: carinho e o amor de mãe. Já seu pai só viu a filha poucas vezes na vida e a última vez foi com seus dezoito anos, isso já faz uns cinco anos desde então.
Mia continuou lutando muito para ter uma vida boa, onde pudesse realizar alguns de seus sonhos, algo que era meio complicado para ela pelo fato de não ter o apoio de quem ela tanto ama, sua família.
Uma certa noite, um telefonema muda completamente o rumo da sua vida, que sempre foi planejada. Essa ligação era do policial Scott, dizendo que a mesma precisava comparecer na delegacia mais próxima.
O que será que aconteceu, já que Mia sempre foi uma mulher tão responsável?
Ela nunca imaginou que iria encontrar o que encontrou, que nunca soube que existia. Apenas com um olhar Mia soube que algo foi mudado. E soube que um amor inexplicável surgiu.
O que Mia não esperava também era que um policial lindo iria ajudá-la a passar por esse longo processo de mudança na sua vida. Ela nunca imaginou que iria encontrar duas coisas tão importantes em apenas uma noite. E que essas coisas iriam mudar seu mundo com apenas um olhar.
Personagens Principais
Amália Anderson tem vinte e três anos, mais conhecida como Mia. Ela é apaixonada por dormir, é um dos poucos prazeres que ela tem, pois trabalha muito e tem horários malucos. É filha de Joseph Anderson, e trabalha meio período em uma livraria quatro vezes na semana e três vezes à noite como garçonete em alguns eventos. Ela é dona de um sorriso doce e olhos expressivos, cabelos loiros compridos. Mia é uma pessoa que você conhece e se sente enfeitiçado pela sua beleza, alegria e pelo seu sorriso, que é encantador. Ela é bem humilde e, ao contrário de tudo o que lhe foi ensinado, ela sabe muito bem demostrar o que sente e gosta de deixar isso bem claro para as pessoas à sua volta. É bem prestativa e está disposta a ajudar as pessoas mesmo sem conhecê-las. Às vezes fala algumas bobagens, mas é coisa natural para uma mulher bem doidinha e alegre.
Andrew Scott tem o apelido de Drew, ele é detetive e um homem irresistível. Tem olhos quase negros, uma boca extremamente bonita. Ele é um homem lindo, tem um rosto esculpido, como se Deus tivesse escolhido as melhores partes e estivesse colocado nele. É algo que não conseguimos nem acreditar de tão perfeito. Seus cabelos são pretos, muito curtos, com uma pele de tom lindo e bronzeado. Ele é considerado o sério da família, ao contrário de seu irmão, que faz piada de tudo. Tem apenas vinte e oito anos e consegue conquistar muitas mulheres.
Não posso deixar de falar que ele é bem romântico, carinhoso e que faz de tudo para conquistar uma mulher. Mesmo com todo o dinheiro que conseguiu graças ao seu trabalho, ele sabe ser bem humilde e ajudar as pessoas à sua volta. Tem um jeito durão, mas isso tudo acontece pelo fato de sua profissão, então ele quase não mostra o lindo sorriso que só ele consegue ter.

Personagens Secundários
Miranda tem quarenta e três anos e é mãe de Mia, ela é corretora de imóveis. Tem olhos castanhos claros, cabelos loiro claríssimo, que está muito mais liso e curto do que o normal. Ela é uma péssima mãe, nunca demostrou nenhum interesse pela filha, e isso fez Mia se tornar melhor, não querendo ser igual a mãe. Ela teve um breve caso com Joseph, que é o pai de Mia, um homem de quarenta e cinco anos, vive como se não houvesse amanhã, como se suas atitudes não fossem gerar consequências. Ele tem olhos verdes, cabelos castanho-claros um pouco curto muito rente ao couro cabeludo, com um rosto fino e magro. Ele é um pai que não conseguiu mostrar para a filha o quanto ela era importante para ele e, com isso, acabou se tornando uma pessoa que todos querem ter longe. Foi um pai ausente e que não foi capaz de largar seus vícios para o bem de sua família. Ele nunca teve juízo e não pensava que um dia podia se dar muito mal.
Joel é um policial aposentado e que mora no mesmo condomínio que Drew, eles são vizinhos e, com a correria do dia a dia, quase não se encontram. Ele é viúvo, um senhor de cabelos loiros e escuros, que tem alguns fios brancos. Tem mais de sessenta e cinco anos e um semblante agradável, com olhos castanhos. É um homem meio tímido, mas que se dedica muito ao seu parceiro de vida: um cachorro chamado Alec. Ele é simples, mas tem várias experiências de vida que não foram nada fáceis. Ele acaba conhecendo a mãe de Drew, uma linda mulher que também é viúva e que agora vive apenas para os filhos à espera de uma família um pouco maior. Ela se chama Silvia, é um pouco mais baixa que os filhos, tem cabelos pretos na altura dos ombros. Ela é um pouco intrometida e faladeira, mas é encantadora.
O irmão de Drew, Adam, é totalmente o seu contrário, ele é um lindo homem, é uma versão do Drew um pouco mais velho. Ele é um pouco baixo, seu tom de pele é igual ao do irmão e olhos castanhos, e, acredito eu, que eles são as coisas mais perfeitas do mundo. Ele é bem mais extrovertido, simpático, e os dois são quase idênticos fisicamente. Tem uma namorada chamada June, ela é morena, olhos azuis, alta, sorriso bonito, mas parece ser fútil demais. Adam é do tipo namorador, mas é do tipo romântico e está sempre em busca de uma princesa encantada.
David é patrão de Mia, ele é dono da livraria onde ela trabalha e é um homem lindo, tem uma voz alegre e olhos azuis. Ele também é professor de história no período da tarde, já que na parte da manhã fica na livraria. Ele é bem fofo com seu jeito nerd de ser e tem um cabelo castanho que cai na testa. Sempre foi um homem por quem Mia teve uma certa atração, mas ele acabou percebendo isso tarde.
Trompson sempre trabalhou com Drew, desde quando entraram para o DEA, são parceiros, e ele é apenas alguns anos mais velho, tem cabelos loiros e é um homem muito simples e amigável. Conhece muito bem o seu amigo e está ao seu lado em muitas situações.
Ian Sinclair é um homem de mais ou menos sessenta anos, muito elegante e tem cabelos grisalhos com algumas mechas pretas. É totalmente diferente de sua esposa, e um homem que tem uma enorme educação e trata muito bem as pessoas. É um pai muito arrependido por tudo o que ouve com sua relação com a filha.
Susan é vizinha de Mia, ela é uma doce pessoa, tem olhos castanhos marcados por rugas por causa da idade. Ela é viúva e mora sozinha, é uma idosa que faz muito para Mia e é o mais próximo de uma mãe que Mia tem. É uma senhora que viveu uma linda história de amor e que torce para que Mia também possa ser feliz como ela já foi.
Capa, escrita e afins
É uma história que possui uma delicadeza e é pura, traduzindo perfeitamente o amor entre duas pessoas, mostrando que esse amor é capaz de te aproximar de outras pessoas que você nunca imaginou ser possível. É um livro encantador que te faz entender como as coisas podem acontecer pelo destino. Tudo acontece de repente e a história toma rumos bem diferentes, quase inesperados. A capa é linda. A escrita é bem convidativa e fluída, e garanto que todos que pararem para ler irão amar, os personagens são encantadores.
Conclusão
Esse livro conta uma linda história entre duas pessoas que se encontram do nada e descobrem um elo além do que poderiam imaginar. Bem no começo eu senti certa raiva do pai de Mia, por tudo o que ele a fez passar. Mas, depois, percebi que essa foi a melhor coisa que ele poderia ter feito, pois foi através disso que Mia cresceu e se tornou uma mulher digna e de bom coração, sempre muito responsável, ao contrário de tudo o que seus pais foram. E ainda lhe possibilitou salvar mais uma vida. Além de encontrar a sua razão de viver, Mia percebeu o quanto ela estava completa agora.
É uma história triste, mas que com certeza vai te emocionar e te fazer esperar o final feliz.
Super recomendo!
Citações importantes
O mundo não é um lugar cor-de-rosa”.
Dizem que a felicidade está na coisas mais simples da vida e, agora eu entendo perfeitamente...”
Acho que se você souber desde cedo o quanto é especial, ninguém ou nada lhe fará duvidar do seu verdadeiro valor.”
Esse é o caminho mais rápido até o meu coração”.
Milhões de palavras não ditas em um único olhar.”
Nada no mundo foi tão certo, (…) quanto você e eu, aqui e agora.”
(...) a vida realmente me ensinou, é que nada é tão definitivo, que não possa ser mudado.”
Algumas coisas simplesmente não estão destinadas a acontecer.”
Quem foi que disse que o caminho do amor seria fácil? É preciso desviar de alguns espinhos às vezes. Mas quando você vê a pessoa que ama sorrindo, descobre que tudo vale a pena.”
Nota da leitura:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E aí? O que achou do post? Gostou? Tem alguma crítica construtiva ou dica? Deixe nos comentários! Lemos e respondemos a todos! Ah e deixe o link do seu blog para que possamos te conhecer melhor. Obrigada pela visita e volte sempre.

© Escrituras da Alma - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
Modificado por: Sâmela Faria | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo