Conheça nossa página

Desejo que tenhamos fé



Dias desses fiquei uma tarde inteira pensando no quanto ainda temos para caminhar. Cheguei à conclusão de que ainda temos muitos calos nos pés para colecionar. Muito chão para andar e muita pedra para chutar. Mas, embora o medo ainda bata à porta com uma xícara de esperteza para nos fazer parar, tenho mantido o equilíbrio. Sabe quando a gente pensa estar na tábua da beirada e sente um vento forte bater, querendo nos derrubar? Então, eu tenho mantido o equilíbrio. E venho desejando muito de tudo um pouco para os próximos anos de chuva fria, calor escaldante e dias intermináveis que passarei ao seu lado. Topa?
Desejo que tenhamos paz, claro, sem ela como é que faz? Desejo que tenhamos determinação, lógico, sem ela não há ação. E sem ação tudo para, menos o tempo. E se o tempo vai e nada se reproduz, viramos pó, desse que é carregado pelo vento para lugares onde sequer imagina. E se vamos parar onde não queremos, não vivemos. Vegetamos no ar da inquietude do coração amargurado e da alma aprisionada aos sonhos que não foram possíveis. Não foram possíveis, porque não tiveram bons pilotos. Pilotos bons são aqueles que, mesmo diante das turbulências, não abandonam a direção. Seremos bons pilotos, nesta relação?
Desejo que tenhamos a parceria, o companheirismo, a cumplicidade que todo casal merece e deve ter. Para que, em dias assombrosos, você possa contar comigo e eu com você. Que tenhamos afeto pelo riso um do outro e valor nas nossas melhores curvas; como aquelas que aparecem no canto da boca quando gargalhamos. Que possamos zelar um pelo outro como uma mãe zela por um filho. Que possamos rir das coisas tolas, mas nunca esquecer das necessárias para que o riso permaneça: perseverança. Que possamos perseverar tanto, mas tanto que, talvez, entraremos para história dos maiores guerreiros do amor.
E, por falar nele, desejo que tenhamos fé. Fé no amor. Principalmente, no amor que o outro sente, no semblante que ao outro pertence e no sentimento que a nós será concebido. Pois seremos um elo feito de um enlace nada desprovido. Ora, seremos decididos, por um amor sincero, um riso de peito aberto e um tanto de sentimentos libertos. Seremos nós, desatados. 
Sâmela Faria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião para nós, viu?! É bom contar com a ajuda de quem nos lê. Os comentários sempre serão respondidos.
Relaxem e teclem conosco. :*

© Escrituras da Alma - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
Modificado por: Sâmela Faria | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo