Conheça nossa página

Gosto de amores que fazem morada



Tive pena de mim quando não mais soube o que pensar da vida após te conhecer. Sei lá, pareceu que eu havia me metido na maior fantasia do universo e eu nunca gostei de assistir amores indo embora. Gosto de amores que fazem morada. Desses que abrem a porta e nem perguntam se podem entrar. Desses que viajam mundo para poder te encontrar. Gosto de amores que demonstram prazer em um simples desvio de olhar. Gosto das controversas, dos suspiros em meio à multidão e daquela vontade louca de nos pressionar contra parede. Gosto dos giros que a vida dá e das coisas que se fazem presente quando a gente menos espera.
Cultivo amores que apertam nossas mãos em um singelo sinal de confiança, de carinho e apreço. Cultivo amores que gritam em silêncio nosso nome através do calor delicioso de um abraço forte. Cultivo amores que não perguntam como você está ao te ver, mas que sabem exatamente que a noite foi de choro mais uma vez. Esses amores que nos pegam desprevenidos em uma segunda-feira com cara de domingo e diz ao pé do ouvido que encontrou o meu chocolate preferido – apesar de eu gostar de todos. Desses que ouvem uma música com o refrão que fala de sorrisos largos e nos colam em sua memória junto a sua melodia. Gosto de amores despretensiosos com uma pitada de intenção safada.
Valorizo amores que vão, mas que não passam da esquina sem que carregue a gente junto. Amores que beijam vidros embaçados do carro em um sinal de despedida mesmo sabendo que estarão ali novamente ao amanhecer. Desses que correm contra o tempo só pra estar lá na hora certa. Amores que andam de mãos dadas na rua sem a menor intenção de exibição e sim com a vontade sincera de andar lado a lado, bem colado. Sem medo de perder, mas com vontade de se perderem juntos. Com caminhos sem volta, com rumo novo e vida que ande só pra frente. Com ou sem status no facebook, amores que são o que são a qualquer parte do dia. Desses que nos passam uma gostosa harmonia. Que nos mostram que o amor ainda existe e que sim, se a nossa porta ainda estiver aberta, há possibilidades de ele entrar e ficar. 
Sâmela Faria
Insta: @samela_faria / Twitter: @samelaestefany / FanPage

2 comentários:

  1. Texto lindooo ate compartilhei
    Parabéns. bjs
    http://golivercacau.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa! Que bom que gostou Claudia. E obrigada por compartilhar! ♡
      Beijos

      Excluir

Deixe sua opinião para nós, viu?! É bom contar com a ajuda de quem nos lê. Os comentários sempre serão respondidos.
Relaxem e teclem conosco. :*

© Escrituras da Alma - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
Modificado por: Sâmela Faria | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo