Conheça nossa página

Medo do fim



Mas é que você me faz um bem que eu jamais poderia imaginar que faria. De sorriso largo e pensamento firme. Braços protetores e coração destemido. Encontrar você foi o que fiz de melhor desde os últimos tempos e, mesmo que eu não saiba como ainda está aqui, espero mesmo que continue. Pois tenho um medo fora do normal quando ouço aquela música que expressa um belo de um fim choroso e desesperadoramente melancólico. Sabe, eu não quero acabar em frente a uma TV assistindo um filme dramático e engolindo um pote inteiro de sorvete de flocos. 

Eu não quero ter que guardar suas carinhas e seus sorrisos declarados em minhas fotos dentro de uma caixa e, antes de dormir, rever uma a uma pela milésima vez só para constar que minha noite será em claro. Eu não quero ter que caminhar sozinha por aquela praça sem que suas mãos estejam coladas nas minhas. Sem que o seu cheiro esteja findando em mim. Sem ouvir sua voz mansa me dizendo o que espera para o futuro não tão distante assim.

Tenho medo que acabe antes que possa ser eternizado. Tenho medo que acabe o que construímos juntos e que por fim, eu esteja aqui para ver tudo se perdendo aos pouquinhos, levando nossos planos para longe, mas deixando suas marcas em mim. A gente sabe que tudo um dia vai chegar ao mesmo fim que tudo sempre chega, mas nunca estaremos prontos e muito menos esperando por isso. A verdade é que espero, fielmente, que sejamos eternos, mesmo quando  não mais existirmos.
- Sâmela Faria

4 comentários:

  1. Lindo como sempre seus textos. Ja passei uma vez por isso e não é nada bom.
    www.garotadosuburbio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda como sempre você.
      Verdade, sentimento angustiante demais!
      Muito obrigada!
      Volte sempre.
      Beijos

      Excluir
  2. Texto lindo como sempre ne rsrs, dps vou compartilha-lo :D bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada lindona!
      Pode compartilhar quando quiser.
      Volte sempre.
      Beijos

      Excluir

E aí? O que achou do post? Gostou? Tem alguma crítica construtiva ou dica? Deixe nos comentários! Lemos e respondemos a todos! Ah e deixe o link do seu blog para que possamos te conhecer melhor. Obrigada pela visita e volte sempre.

© Escrituras da Alma - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
Modificado por: Sâmela Faria | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo