Conheça nossa página

De uns tempos pra lá



Haverá um tempo em que você, menina, deixará de lembrar. Deixará pra lá. Um belo dia, você vai acordar se bem dizendo, se bem querendo e aceitando como é. É sério. A vida é feita de fases boas e ruins, as tranquilas e as insuportáveis que você acaba suportando. E como tudo na vida, as fases ruins também vão embora. Você acaba nem percebendo. Mas dá pra sorrir em fases ruins também, sabia? Sempre há um motivo para que um riso possa renascer; você só precisa encontrá-lo.
Essa fase de ficar acordada até tarde esperando uma mensagem/ligação dele também passa. Vai chegar o dia em que sequer lembrará que perdia seu tempo de sono para este fim. Vai chegar o dia em que você o deixará esperando e quem sabe, não dará mais sinal. As coisas são assim mesmo, quando você menos espera a Terra gira e troca tudo de lugar. Mas você se estabiliza de novo, de novo e de novo. Encontra seu caminho e vai seguindo até que, noutro belo dia, decide tentar outros túneis e sai por aí se arriscando sempre em busca do que possa chamar de felicidade.
Eu sei, as coisas são imprevisíveis demais para serem esperadas, pois então não espere. O que tiver que vir, virá. O que tiver que ir, meu bem, irá sem dó, sem despedidas. Aliás, as despedidas são sempre as piores, se puder evitá-las, melhor. Lágrimas caem sempre, até mesmo quando não se tem um motivo aparente. Você vai guardando, guardando, até que um dia desaba e escorre uma fonte que parece não ter fim. No entanto, acaba, para de jorrar e você sente bater aquele plausível alívio. Um fim mesmo, confie, é bem pior que isto.
Haverá um tempo, doce menina, que você olhará bem mais além do que aquilo que vê em sua frente, sabe? Nesse mesmo tempo, você vai encontrar respostas para muitas perguntas feitas e que não obtiveram retorno. Ah, e a frase – angustiante – que sempre ouviu falar por aí “tudo passa” fará todo sentido. Existem coisas na vida que você deve descobrir sozinha, bem como é doloroso ralar um joelho e até mesmo como é difícil ver um amor – que você jurou ser eterno – indo embora. Não tenha medo de observar, preze mais aquilo que se torna observável por você que pelos outros. Cada um tem sua suma visão sobre o que acontece no mundo, pois bem, busque a sua. 
- Sâmela Faria

4 comentários:

  1. Lindo, me identifiquei com algumas partes dele e por experiencia posso dizer que um dia tudo vai passar, pode demorar um pouco,mas faz parte do aprendizado.

    www.garotadosuburbio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Susany! Algumas pessoas precisam entender isto o quanto antes.
      Obrigada linda!
      Volte sempre!!
      Beijos

      Excluir
  2. Lindo texto! Parece tão óbvio,né? Tudo passa, tudo muda... Apesar de verdadeiro, apesar de clichê, quando acontece é tão difícil de encontrar os risos que nós sabemos que existem mesmo nesses momentos... Enfim, lindo! Beijoo <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Marcela, difícil, mas não impossível!
      Obrigada linda!
      Volte sempre.
      Beijos

      Excluir

E aí? O que achou do post? Gostou? Tem alguma crítica construtiva ou dica? Deixe nos comentários! Lemos e respondemos a todos! Ah e deixe o link do seu blog para que possamos te conhecer melhor. Obrigada pela visita e volte sempre.

© Escrituras da Alma - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
Modificado por: Sâmela Faria | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo